Siga-nos nas redes sociais

Portugal

Militar perde a vida em salto de paraquedas no campo do Arrepiado, na Chamusca (c/vídeo)

A Sargento- ajudante Alexandra Serrano Rosa, faleceu hoje no campo de saltos do concelho da Chamusca, tinha 52 anos e vivia no Entroncamento. Segundo pudemos apurar os paraquedas não abriram.

Alexandra Serrano Rosa era a única mulher instrutora militar de paraquedismo, morreu a saltar de paraquedas. O paraquedas principal e o paraquedas de reserva não abriram, o que resultou na morte da paraquedista, na zona do campo de saltos do Arripiado,concelho da Chamusca.

O Exército manifestou-se acerca da morte da militar paraquedista demonstrando “um profundo pesar”, atribuindo a causa da morte a uma falha no sistema de paraquedas. Afirma ainda, em comunicado, que a militar morreu por volta das 12H20, no momento em que o Exército atribuiu a morte de uma militar paraquedista a uma falha no sistema de paraquedas, manifestando “profundo pesar”. Em comunicado, o Exército afirmou que a militar, de 52 anos, morreu cerca das 12h20 quando “se encontrava a efectuar um salto de abertura manual para manutenção da qualificação de paraquedista”, não tendo o sistema de paraquedas funcionado “devidamente”, o que provocou a queda.

Avança ainda que já está em curso um processo de averiguações “para apurar todas as circunstâncias em que ocorreu este acidente”, o Exército reforça que ““foram acionados de imediato os procedimentos de emergência médica”.

“O Exército lamenta o falecimento da sua militar, tendo apresentado as mais sentidas condolências à família e accionado o apoio psicológico”, pode ler-se ainda.

Alexandra Serrano Rosa é filha de um dos mais conhecidos homens das tropas paraquedistas, o Sargento Serrano Rosa que possui um dos espólios audiovisuais mais importantes que retrata os últimos anos das tropas aerotransportadas de Portugal.

O Sargento transmitiu o seu pesar através de uma publicação na rede social Facebook, onde expressa palavras de despedida e deixa anexada a última foto que tirou à filha, minutos antes desta entrar no avião para dar aquele que seria o último salto .

“Eu não sei como dizer! Um Pai não devia sofrer tal desgosto! Hoje dia 21 Abril tirei as últimas fotos à minha Menina ainda me deu um beijinho antes de entrar para o último voo! não consigo dizer mais nada, as lágrimas são muitas.”

O Canal Alentejo vêm demostrar o mais sentido pesar à família do nosso colaborador e amigo Serrano Rosa. Forte e Sentido Abraço.

Portugal

Vídeo : Homem filmado em trotinete elétrica a mais de 100 km/h na Marginal de Cascais

Um homem foi filmado por um motociclista a conduzir uma trotinete elétrica a mais de 100 k/h entre a Cruz Quebrada e Algés, no concelho de Oeiras. Circulavam ambos no sentido Cascais-Lisboa, em excesso de velocidade.

No local onde foi realizada a gravação o limite de velocidade é de 50 km/h.

Continuar a ler

Portugal

Vídeo : Aviões chocam enquanto fazem acrobacias. Os pilotos não resistiram

Recentemente foi divulgado um vídeo nas redes sociais, que mostra um choque entre dois aviões que faziam acrobacias nos céus na cidade alemã de Gera. Após o embate as aeronaves acabaram por cair.

Em cada um dos aviões seguia apenas o respetivo piloto, com 42 e 72 anos de idade, segundo o divulgado pelo jornal Bild.

As duas aeronaves integravam a mesma equipa de acrobacias, tendo já realizado em conjunto várias apresentações em festivais locais e campeonatos.

O vídeo foi gravado por alguns espetadores que assistiam à performance, como se pode ver pelo ângulo.

Continuar a ler

Portugal

Maria de Jesus Rendeiro recusa a herança do marido e Estado herda dívidas

Maria de Jesus Rendeiro renunciou à herança que o marido lhe deixou, “caso lhe sobrevivesse”, segundo o avançado esta quarta-feira pela SIC.

De acordo com o mesmo meio, a decisão da viúva já foi validada pelo Tribunal de Relação de Lisboa, após a renúncia, assinada no passado dia 8 de setembro.

A SIC teve acesso a uma documento, que confirma a renuncia de Maria de Jesus Rendeiro à herança aberta por óbito do seu marido.

Recorde-se que o antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), condenado em três processos diferentes, foi encontrado morto numa prisão na África do Sul. Quanto às dívidas do banqueiro o valor corresponde a mais de 30 milhões de euros, dívida essa que passa para o Estado.

Num dos processos em que estava envolvido o ex-banqueiro e outros arguidos, Paulo Guichard, Salvador Fezas Vital e Fernando Lima, foram condenados a pagar cerca de 39 milhões de euros. Segundo o avançado pelo jornal Expresso, o Estado terá prioridade sobre os outros credores, estando assim, garantido o pagamento de cinco milhões de euros em dívida.

Parta da dívida do banco ficará saldada, caso a quantia não cubra o total, poderá vir a ser cobrado o restante aos outros arguidos.

Continuar a ler

Portugal

A primeira chuva de outono chega amanhã

A chuva vai voltar a partir de manhã para se despedir de setembro. Está prevista chuva ou aguaceiros para todos os distritos de Portugal Continental, segundo o divulgado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Apesar das temperaturas e aguaceiros previstos para quinta-feira, a partir de 1-2 de outubro poderá voltar a experienciar o tempo quente, com temperaturas acima dos 30ºC em muitos locais.

Continuar a ler

Ultimas do Alentejo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

ÚLTIMAS 48 HORAS