Connect with us

Política

Ventura manda “trabalhar” ciganos e antifascistas

O candidato presidencial do Chega mandou hoje “trabalhar” dezenas que pessoas que se manifestavam contra a sua presença em Serpa, antes do comício inaugural do período oficial de campanha, no Cineteatro da localidade alentejana.

“Vão trabalhar, trabalhar!”, limitou-se a gritar André Ventura, em direção aos manifestantes, a maioria de etnia cigana e com cartazes antifascistas, ladeado por seguranças e com meia-hora de atraso face ao previsto.

“Beja foi [o distrito] escolhido para ser o início da caminhada presidencial pela razão que temos insistido: há um país em que metade trabalha para outros não fazerem nada”, afirmou, lamentando “privilégios e regalias injustificados nos últimos 45 anos”.

O líder do recém-criado partido da extrema-direita parlamentar classificou a sua corrida ao Palácio de Belém como “a maior ameaça ao sistema”.

“Não são ‘Grândolas’ cantadas lá fora por subsidiodependentes que nos vão fazer parar esta marcha. Perderam os debates todos e agora querem ganhar na rua”, continuou, referindo-se ao espetro político da esquerda, citando “comunistas e socialistas”.

Ventura não poupou críticas ao atual chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, “que andou com o Governo ao colo”, e ao primeiro-ministro e líder do PS, pela falta de medidas de “apoio a quem precisa neste contexto de pandemia” e de grave crise económica.

“Estamos fartos de ser sempre os mesmos a pagar e a trabalhar”, dramatizou, sugerindo que muitos dos manifestantes tinham chegado à porta do Cineteatro de Serpa “de “Mercedes e BMW ou em carrinhas do PCP”.

O deputado único condenou ainda a criação pelo Governo de um grupo de trabalho de combate ao racismo e a nomeação para o mesmo do ex-militante do BE Mamadou Ba.

Para Ventura, se se confirmar a hipótese de a candidata bloquista Marisa Matias desistir em favor da concorrente socialista Ana Gomes: “isso já será uma vitória porque destruímos a esquerda.

A meio do discurso do candidato a chefe de Estado, a cortina da boca de cena do anfiteatro serpense abriu-se e foi visível um esqueleto atrás de Ventura, naquilo que pareceu uma partida ao político, que não ligou e prosseguiu. Fonte oficial da candidatura disse à agência Lusa que tinha sido “um boicote”, uma vez que o espaço cultural é gerido pela autarquia, liderada pela CDU (PCP e “Os Verdes”).

Antes, o mandatário nacional do presidente do Chega, Rui Paulo Sousa, admitira “reduzir a campanha ao mínimo possível, mas estando presente em todo o lado”, em virtude do agravamento da pandemia de covid-19.

Na rua, continuaram mais de 50 pessoas em protesto contra Ventura, com cartazes e palavras de ordem como “25 de Abril sempre, fascismo nunca mais” e buzinadelas.

“Alentejo, terra da Liberdade”, “Não queremos RSI (Rendimento Social de Inserção), mas trabalho”, “Facho!” ou “Zeca, obrigaram-me a vir para a rua” foram algumas das inscrições nas tarjas e cartazes improvisados, vigiados por perto de duas dezenas de elementos da Guarda Nacional Republicana.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

Advertisement

Últimas

Portugal2 minutos ago

Pedro Nuno Santos diz que PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta

O dirigente socialista Pedro Nuno Santos defendeu hoje que o PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta,...

Portugal29 minutos ago

Portugal pode aproveitar tensão Pequim/Camberra para exportar mais vinho para China

O presidente da Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos (ACIML) disse hoje à Lusa que Portugal pode aproveitar a...

Portugal1 hora ago

Sonae passa a deter 80% da Sonae Sierra após compra de ações da Grosvenor por 82 ME

A Sonae vai reforçar a sua posição na Sonae Sierra para 80%, após a compra das ações da Grosvenor por...

Groundforce Groundforce
Portugal2 horas ago

Estado tem “dever de salvaguardar” direitos dos trabalhadores da Groundforce

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Groundforce defendeu hoje que o Estado tem o “dever de salvaguardar” os direitos dos...

Portugal2 horas ago

Igualdade e queixas da pandemia reuniram centenas de pessoas em protesto no Porto

Várias centenas de pessoas responderam hoje ao apelo do Movimento Democrático das Mulheres (MDM) manifestando-se, no Porto, a favor da...

Portugal3 horas ago

JP elege Francisco Camacho como novo líder que promete mobilização para as autárquicas

O Congresso Nacional da Juventude Popular (JP), realizado online, elegeu hoje o candidato único Francisco Camacho como novo presidente, que...

Portugal3 horas ago

Marcelo com mais de 60% de mulheres na sua equipa no segundo mandato

O Presidente da República vai ter mais de 60% de mulheres nas suas casas Civil e Militar no segundo mandato,...

Portugal3 horas ago

MAI impõe números mínimos de mulheres nas forças de segurança pela igualdade de género

 Ministério da Administração Interna vai incluir nas regras de recrutamento em 2021 indicadores mínimos de 15% de mulheres na incorporação...

Portugal9 horas ago

Covid-19: Visitas aos utentes dos lares em Moura vão ser retomadas segunda-feira

As visitas aos utentes dos lares de idosos do concelho de Moura (Beja) vão ser retomadas a partir de segunda-feira,...

Portugal9 horas ago

GNR vai estar nas estradas a fiscalizar veículos pesados na próxima semana

A GNR vai levar a cabo uma operação de fiscalização intensiva de veículos pesados em todo o país, ao longo...

Saúde1 dia ago

Índice de transmissibilidade de 0,71 no continente, Açores e Madeira acima de 1

O índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 está nos 0,71 em Portugal continental, representando uma tendência decrescente de...

Portugal1 dia ago

Covid-19: Farmacêuticos começam a ser vacinados na segunda-feira

Os farmacêuticos vão começar a ser vacinados contra a covid-19 a partir de segunda-feira, no âmbito das prioridades estabelecidas para...

+ popular

%d bloggers like this: