Siga-nos nas redes sociais

Portugal

Universidade Sénior já arrancou no Concelho de Viana

O Polo de Viana do Alentejo da Universidade Popular Túlio Espanca/Universidade de Évora (UPTE/UÉ) iniciou no passado dia 16 de setembro, o novo ano letivo com cerca de 80 inscritos.
A cerimónia teve lugar no Cineteatro Vianense e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, Luis Miguel Duarte, da vice-presidente da Câmara, Paula Neves, do diretor da UPTE/UÉ, Bravo Nico e dos muitos alunos/as e professores que integram este projeto.
Após dois anos de pandemia que restringiu as atividades, o autarca mostrou-se agradado com a adesão dos alunos, realçando a importância do projeto para manter ativa esta camada da população, melhorando a sua qualidade de vida. Luis Miguel Duarte, fez um agradecimento especial ao diretor da UPTE/UÉ, Bravo Nico, “pelo acompanhamento que tem prestado ao Polo de Viana do Alentejo”. O reconhecimento estendeu- se aos professores voluntários que, de forma altruísta, participam neste projeto, realçando a “importância do convívio e partilha de conhecimentos”.
O diretor da UPTE/UÉ, Bravo Nico, destacou a importância da Universidade Sénior, um dos maiores projetos educativos e de envelhecimento ativo do país, que une milhares de alunos dos Polos de Viana do Alentejo, Alandroal, Évora/Canaviais, Évora/Centro Histórico, Portel, Escola Comunitária de São Miguel de Machede, Reguengos de Monsaraz, Barrancos e União de Freguesias do Bacelo e Sr.ª da Saúde. De salientar que o Polo de Viana do Alentejo é um dos polos mais antigos da Universidade Popular, contando com 12 anos de existência em conjunto com o Clube de Saúde Sénior que assinala também os mesmos anos.
Na sessão de abertura do novo ano letivo, para além da aula aberta subordinada ao tema “Aprendizagem e saúde: uma relação saudável”, houve ainda a atuação da Tuna do Polo de Viana do Alentejo da Universidade Popular Túlio Espanca.
Para o presente ano letivo estão disponíveis no Polo de Viana do Alentejo diversos cursos, nomeadamente Inglês, Informática, Alfabetização de Adultos, Teatro, Bordados e Costura, Saúde e Socorrismo, Ambiente e Cidadania, Tuna, Clube de Saúde +, Cineclube, Conversas sobre Saúde Mental, Atelier de Cerâmica e Hidroginástica. Previstas estão, também, ações de informação e sensibilização e visitas de estudo temáticas.
As aulas, lecionadas por professores voluntários, decorrem de segunda a sexta-feira, nas três freguesias do concelho.
As inscrições para o Polo de Viana do Alentejo efetuam-se no Balcão Municipal, em Viana do Alentejo, e nas Bibliotecas em Aguiar e em Alcáçovas.

Portugal

Governo propõe salário mínimo de 760 euros no próximo ano

O salário mínimo nacional irá aumentar dos 705 euros para 760 euros no próximo ano, de acordo com a proposta do Governo para um acordo de rendimentos e competitividade.

Ao contrário do que estava anteriormente previsto para o próximo ano, o salário mínimo nacional terá um aumento de 55 euros, uma diferença adicional de forma a atenuar os efeitos da inflação.

Recorde-se  que o objetivo de alcançar os 900 euros até final da legislatura mantém-se.

Continuar a ler

Portugal

Agricultor teve alta e está de volta à greve : “Não desisto, não posso”

O agricultor Luís Dias, que está em greve de fome às portas de S. Bento, já teve alta hospitalar e voltou à greve, garantindo que não vai desistir.

“Bem sei que se preocupam, mas não desisto, não posso”, escreveu o agricultor na rede social Twitter, onde divulgou uma petição onde reivindica uma solução mediada para o diferendo que opõe o agricultor ao Governo.

Recorde-se que Luís Dias foi hospitalizado ontem, depois de ter estado internado na semana passada, no hospital de São José, em Lisboa. O agricultor já está de regresso ao jardim junto à residência do Primeiro Ministro, de forma a retomar o protesto.

Continuar a ler

Portugal

Gisela João atua em Grândola

Com uma voz e um timbre singulares, Gisela João, figura central e uma das mais importantes intérpretes da musica portuguesa é o destaque deste ano do programa das Comemorações do Dia do Concelho. O espetáculo tem lugar dia 21 de outubro, às 22h00 no Cine Granadeiro Auditório Municipal. A entrada é gratuita mediante reserva de lugar através do 269 448 030.

Gisela João, para além de ser um nome sonante da nova geração do fado, é também letrista e compositora. O espetáculo irá centrar-se no álbum editado no ano passado «Aurora», o seu registo mais intimista e pessoal, que capta a sua identidade e aquilo que ama. Contudo, para além de outros sucessos da sua carreira, aguardam-se surpresas, já que é conhecido  o seu amor pelas pistas de dança e pela música eletrónica.

Presença constante em palcos nacionais e internacionais, com atuações eletrizantes, Gisela João já foi distinguida com inúmeros prémios, entre os quais o Globo de Ouro para Melhor Interprete Nacional, pelas revistas Blitz e Time Out e pelo jornal Expresso.

Continuar a ler

Portugal

Detido suspeito de matar mulher à frente dos filhos

A Policia Judiciária procedeu à identificação e detenção de um homem com 34 anos de idade, estrangeiro, por fortes indícios da prática de dois crimes de homicídio qualificado, um consumado e outro tentado.

Os factos foram cometidos na madrugada do dia 5 de outubro, na zona de Mem Martins, no interior da residência das vítimas, mãe e filha, também estrangeiras, com 34 e 14 anos respetivamente.

Segundo o avançado pela PJ em comunicado, ” o agressor é marido de uma das vítimas e padrasto da outra, mas estavam separados há alguns meses. A relação entre o casal era problemática e já tinha motivado queixas por violência doméstica contra ele”.

As vítimas encontravam-se em casa quando foram surpreendidas pelo agressor que, munido de uma faca, desferiu contra a mulher vários golpes em regiões fatais, provocando-lhe assim a morte. A filha de 14 anos foi violentamente agredida na região da cabeça, encontrando-se em perigo de vida no hospital. Dois filhos comuns, de 3 e 8 anos, assistiram às agressões.

O homem colocou-se de imediato em fuga, abandonando as vítimas no interior da habitação.

Depois de localizado e no âmbito das diligências de recolha de prova a que foi sujeito na região do Alentejo, onde estava a trabalhar, quando era transportado em viatura da Polícia Judiciária projetou-se para o exterior, ação que lhe provocou diversos ferimentos que motivaram o seu internamento hospitalar.

O suspeito aguarda ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de medidas de coação.

Continuar a ler

Ultimas do Alentejo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

ÚLTIMAS 48 HORAS