Connect with us

Educação

Universidade de Évora realiza testes para “garantir regresso seguro”

A Universidade de Évora (UÉ) está a promover, esta semana, a realização gratuita de testes de diagnóstico do vírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, para “garantir um regresso seguro” da comunidade académica à instituição após as férias.

Em comunicado, a UÉ explicou ter adotado esta “estratégia de atuação” para “garantir um regresso seguro a toda a comunidade académica”, uma vez que o início do novo ano letivo está “cada vez mais próximo”.

Segundo a academia alentejana, o rastreio gratuito ao vírus da covid-19 pode ser realizado, desde hoje e até sexta-feira, por “toda a comunidade académica”.

Esta testagem decorre, até sexta-feira, entre as 09:00 e as 13:30, na Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus e, até quarta-feira, no mesmo horário, nos colégios do Espírito Santo e Luís António Verney.

A UÉ indicou que a comunidade académica pode também optar por realizar o teste à covid-19 nos polos da Mitra ou dos Leões, na terça ou na quarta-feira, das 09:00 às 12:30.

Além disso, adiantou, continua a realização de testes PCR, por marcação, às terças e sextas-feiras.

Este ano, de acordo com a academia alentejana, as matrículas e inscrições, em que será “privilegiado o processo de matrículas ‘online’”, vão decorrer entre o dia 27 deste mês e 01 de outubro.

“Apenas é obrigatória a matrícula presencial para os cursos com pré-requisitos”, acrescentou.

A covid-19 provocou pelo menos 4.627.854 mortes em todo o mundo, entre mais de 224,56 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.866 pessoas e foram contabilizados 1.056.042 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Lusa

Continue Reading

ÚLTIMAS 24 HORAS