Connect with us

Desporto

Treinador do Moreirense quer aumentar “consistência exibicional” ante o Marítimo

O treinador Vasco Seabra disse hoje esperar que os futebolistas do Moreirense mostrem melhor consistência exibicional na visita ao estádio do Marítimo, no domingo, em encontro da 22.ª jornada da I Liga.

“Os jogadores estão sujeitos a um trabalho de alta intensidade durante 90 minutos e, por vezes, existem momentos em que não conseguimos manter a concentração. São coisas normais, mas sentimos que estamos mais confiantes, capazes de saber gerir o jogo e manter-nos ‘ligados’ durante mais tempo”, frisou o técnico, em conferência de imprensa.

Os ‘cónegos’ vêm de uma derrota e dois empates, o último dos quais com o Belenenses SAD (2-2), cuja primeira parte deixou “sinais muito positivos”, apesar das duas vantagens desperdiçadas, que impediram um inédito triunfo caseiro sob alçada de Vasco Seabra.

“As tarefas pedidas obrigam os jogadores a tomarem decisões constantemente e ainda não conseguimos manter a consistência em alguns momentos. Temos toda a convicção de que vamos fazê-la perdurar, mantendo o nosso compromisso, a qualidade e a capacidade de jogar para a frente, sempre com vontade de vencer os jogos”, apontou.

O Moreirense só ganhou uma das 10 deslocações ao Funchal para a I Liga (2-1, em 2014/15), levando Vasco Seabra a pedir uma equipa “no seu melhor” para que possa ser “altamente competitiva e agressiva” diante de um Marítimo sem vitórias há sete jornadas.

“Esse momento é uma falsa questão e a vontade cada vez maior de virá-lo torna o jogo mais complicado. É natural que haja alguma ansiedade, mas tem mais a ver com a nossa abordagem. É um oponente difícil. Todas as equipas passam por fases, umas melhores, outras piores, e não queremos quebrá-la”, desejou.

O desafio nos Barreiros vai concluir os primeiros dois meses completos de trabalho do sucessor de César Peixoto ao serviço do emblema de Moreira de Cónegos, numa altura da época em que o treinador sente que o plantel “já percebeu” as ideias pretendidas.

“Agora tem tudo a ver com essa consistência e esse equilíbrio que conseguimos manter durante o jogo. Desde que chegámos, temos trabalhado para que todos os jogadores comecem a estar disponíveis para jogar. É uma parte importante para nós ter esta competitividade interna e esta vontade de fazer parte das escolhas”, admitiu.

Steven Vitória, lesionado no joelho direito, falha a viagem à Madeira, tal como Pedro Amador, Sori Mané e Pedro Nuno, enquanto Matheus Silva está apto para regressar aos convocados, após debelar pela terceira vez esta época queixas físicas na coxa direita.

“Sentimos que já fomos capazes de acrescentar diferentes nuances, tanto na forma como abordamos um ou outro jogo, como na maneira como modificamos dentro do próprio jogo. Temos jogadores inteligentes, mas isso leva o seu tempo”, concluiu Vasco Seabra.

O Moreirense, oitavo colocado, com 26 pontos, visita o Marítimo, 17.º e penúltimo, com 18, no domingo, às 17:30, no Estádio dos Barreiros, no Funchal, em encontro da 22.ª jornada da I Liga, com arbitragem de Luís Godinho, da associação de Évora.

Lusa

Continue Reading
Advertisement

Siga-nos no Facebook

Arquivo

+ popular

%d bloggers like this: