Connect with us

Economia

Ramiro Sequeira e Miguel Frasquilho ouvidos hoje no parlamento

O presidente executivo da TAP, Ramiro Sequeira e o presidente do Conselho de Administração da companhia, Miguel Frasquilho são hoje ouvidos no parlamento, numa altura em que os sindicatos adiaram a ratificação dos acordos de emergência na transportadora.

Os dois responsáveis irão assim prestar esclarecimentos à Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação sobre o plano de reestruturação da TAP, que tem implicado negociações complexas com os trabalhadores, depois de requerimentos do PSD e da Iniciativa Liberal.

Na sexta-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) desconvocou a assembleia-geral prevista para sábado, onde iria votar o acordo de emergência na TAP, adiando-a para dia 26, devido a “algumas fragilidades técnico informáticas”, segundo uma mensagem interna.

Na comunicação, a que a Lusa teve acesso, a estrutura sindical referiu que o presidente da mesa da assembleia-geral tinha “conhecimento de algumas fragilidades técnico informáticas que podem afetar um momento importante do processo deliberativo” para toda a classe.

De acordo com a mesma nota, “este aspeto está já salvaguardado, estando a ser ultimados os testes técnicos necessários da segurança de todo o procedimento”.

Também o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) adiou para data a anunciar a votação do acordo de emergência com a TAP, agendada inicialmente para hoje, segundo um comunicado a que a Lusa teve acesso.

Na missiva do presidente da mesa da assembleia-geral aos associados do SNPVAC pertencentes ao grupo TAP, datada de sábado, pode ler-se que o adiamento se deu “de forma a salvaguardar o superior interesse da classe”.

Por sua vez, no sábado, o Governo anunciou que a TAP ia avançar na segunda-feira, preventivamente, com o regime sucedâneo, uma solução unilateral enquanto aguarda a decisão do SPAC e do SNPVAC sobre o acordo de emergência.

Segundo o Ministério das Infraestruturas e da Habitação (MIH), trata-se de uma “medida preventiva caso venha a ser necessário”, enquanto o Governo aguarda “pela deliberação das assembleias-gerais dos dois únicos sindicatos que ainda não ratificaram o Acordo de Emergência”.

O regime sucedâneo permite aplicar de forma unilateral, entre outras medidas, a suspensão total ou parcial das cláusulas dos acordos de empresa.

Em 06 de fevereiro, o SNPVAC anunciou um acordo coletivo de emergência com a TAP, após dez horas de reunião com a empresa, em que as partes acordaram reduzir os despedimentos para 166 tripulantes, face aos 746 inicialmente previstos, no âmbito do processo de reestruturação da companhia.

O acordo alcançado com os tripulantes prevê ainda cortes salariais de 25% em 2021, 2022 e 2023, ao passo que, em 2024, a redução é de 20%.

No entanto, os cortes na remuneração não afetam salários inferiores a 1.330 euros, exceto em 2021, em que o limite sem redução é de 1.200 euros, acrescidos de seis dias por mês de uma variável retributiva.

A redução do período normal de trabalho será transversal a todos os tripulantes: 15% em 2021, 10% em 2022 e 5% em 2023.

Entretanto, para a Portugália (PGA) também foi acordado um corte nos salários dos tripulantes de cabina de 25%, entre 2021 e 2023, e de 20%, em 2024, aplicáveis à parcela acima dos 1.330 euros.

Tal como a Lusa noticiou em 06 de fevereiro, o acordo entre o SPAC e a TAP prevê reduções salariais de entre 50% e 35%, entre 2021 e 2024, que já incluem o corte transversal de 25% aplicado a todos os trabalhadores.

Segundo o acordo de emergência enviado aos associados, este abrange 1.252 pilotos e prevê a redução salarial de 50% (2021), de 45% (2022), de 40% (2023) e de 35% (2024), correspondendo “a uma redução transversal a todos os trabalhadores da TAP no montante de 25%, e um adicional de 25% em 2021, [de] 20% em 2022, [de] 15% em 2023 e [de] 10% em 2024, que visa a manutenção de postos de trabalho” e com efeitos retroativos a 01 de janeiro deste ano.

Lusa

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

Advertisement

Últimas

Saúde8 segundos ago

Portugal apresenta o índice de transmissibilidade mais baixo da Europa

Portugal apresenta atualmente o índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 “mais baixo da Europa”, com um valor estimado para...

António Costa António Costa
Sociedade15 minutos ago

Associações pedem ao Governo decisões céleres para não matar investimento no lítio

O setor dos recursos minerais considera que “ainda é possível criar uma cadeia de valor para o lítio” em Portugal...

Saúde30 minutos ago

Incidência está a baixar com 141 casos por 100 mil habitantes

Portugal mantém a tendência de descida de novos casos de covid-19, sendo a incidência, no domingo, de 141 casos por...

Portugal1 hora ago

Comemorações do Dia internacional da Mulher até dia 20

A Câmara de Vendas Novas, no distrito de Évora, vai prolongar as comemorações do Dia Internacional da Mulher, que se...

Desporto3 horas ago

Portugal termina em segundo lugar no quadro de medalhas

Portugal, com três títulos nos Europeus de atletismo de pista coberta de Torun, na Polónia, fecha a edição com um...

Cultura4 horas ago

Representante de Portugal é hoje escolhido na final do Festival da Canção

O representante de Portugal no Festival Eurovisão da Canção, que decorre em maio nos Países Baixos, é hoje escolhido entre...

Sociedade6 horas ago

GNR tem 33 mulheres em funções de comando

A Guarda Nacional Republicana (GNR) destacou hoje o papel que as mulheres têm vindo a assumir na estrutura da Guarda,...

Política6 horas ago

Marcelo afirma que quis passar “das palavras aos atos” com mais mulheres na sua equipa

O Presidente da República considerou hoje que os passos dados para salvaguardar a igualdade de género em Portugal não são...

Educação6 horas ago

Ensino privado quer também testes rápidos como no público

A AEEP – Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo pediu hoje uma clarificação do Governo sobre testes rápidos...

Sociedade6 horas ago

Mulheres ultrapassaram os homens nas profissões de medicina, magistratura e advocacia

As mulheres ultrapassaram os homens em profissões que eram sobretudo masculinas, como médico, magistrado ou advogado, em 30 anos, revelam...

Portugal7 horas ago

Fevereiro foi o 5.º mais quente desde 1931 em Portugal continental

O mês de fevereiro foi o 5.º mais quente desde 1931 e muito chuvoso, levando à inexistência de situação de...

Portugal8 horas ago

Cerca de 700 condecorações, 23 vetos e 17 visitas de Estado em cinco anos

Marcelo Rebelo de Sousa, que termina na terça-feira o seu primeiro mandato como Presidente da República, atribuiu nesses cinco anos...

+ popular

%d bloggers like this: