Cultura

Quadro com musa e amante de Picasso vai a leilão por 47 milhões de euros

Um quadro de Pablo Picasso de 1932, inspirado na sua musa e amante Marie-Thérèse, vai ser leiloado pela Christie’s em maio, com estimativa de 55 milhões de dólares (cerca de 47 milhões de euros), anunciou hoje a leiloeira.

“Femme assise près d’une fenêtre (Marie-Thérèse)”, um óleo sobre tela com 146 por 114 centímetros, concluído a 30 de outubro de 1932, em Boisgeloup, onde o artista tinha um estúdio numa zona isolada, deverá ir à praça a 11 de maio, num leilão de arte do século XX.

A obra é uma das várias pinturas inspiradas na jovem Marie-Thérèse Walter, que retratou nesse ano, e, nesta tela, surge sentada numa cadeira perto de uma janela, num dos seus retratos considerados mais icónicos.

O quadro – que, segundo os especialistas, marca a entrada do artista plástico numa nova linguagem pictórica – foi visto pela última vez em exposições dedicadas ao seu “ano das maravilhas”, 1932, no Museu Picasso, em Paris e na Tate Modern, em Londres, entre 2017 e 2018.

Esse ano foi testemunha de uma extraordinária produtividade de Picasso (1881-1973), pelos quadros de larga escala, muito coloridos, inspirados em Marie-Thérèse, que deificou em anos anteriores, em séries com formas de perfil clássico, sentada ou reclinada.

Esses trabalhos incluem obras como “Le Rêve”, vendida em leilão, por 155 milhões de dólares (cerca de 131 milhões de euros), e “Nude, Green Leaves and Bust”, vendida por 106 milhões de dólares (cerca de 90 milhões de euros).

Alguns especialistas dizem que, nestas obras, o pintor espanhol, nascido em Málaga, terá atingido o topo da sua mestria artística.

Lusa

+ popular

Exit mobile version