Connect with us

Alentejo

Protesto contra encerramento da Estrada Nacional 254 corta trânsito em Vila Viçosa

Um grupo de cerca de 20 pessoas com automóveis cortou hoje a Estrada Nacional (EN) 254 entre Vila Viçosa e Bencatel (Évora) em protesto contra o encerramento daquele troço, a partir de sexta-feira, disse fonte da GNR.

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o trânsito esteve cortado na EN254, entre Vila Viçosa e Bencatel, freguesia do concelho de Vila Viçosa, no distrito de Évora, nos dois sentidos, durante cerca de 30 minutos, tendo o protesto iniciado perto das 19:00.

“A estrada foi bloqueada com automóveis e após a chegada da GNR as pessoas desocuparam a estrada e dispersaram, tendo terminado o protesto”, adiantou a fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Segundo a mesma fonte, o trânsito está a circular com normalidade, nos dois sentidos, e cerca das 20:00, estavam ainda no local militares daquela força de segurança.

Já o PCP exigiu hoje ao Governo uma “verdadeira alternativa” para a ligação entre Bencatel e Vila Viçosa, após o corte definitivo do trânsito na EN254, por questões de segurança.

“As alternativas que existem não são verdadeiras alternativas”, afirmou hoje o líder parlamentar do PCP e deputado eleito pelo círculo de Évora, João Oliveira, em declarações à Lusa.

Segundo o deputado, após a interdição da EN254, ao quilómetro três da estrada, junto à pedreira “Monte d’el Rei”, a partir de sexta-feira, a população “vai ter que fazer 60 quilómetros” entre as duas localidades, quando, até agora, “faziam seis”.

“Não pomos em causa que sejam tomadas as medidas necessárias para garantir a proteção das populações”, mas “é preciso ter em consideração que as populações também têm de ser protegidas, encontrando-se alternativas de circulação”, sublinhou.

A EN254 junto a Bencatel, no concelho de Vila Viçosa, vai ser cortada ao trânsito de forma definitiva, a partir desta sexta-feira, por questões de segurança, devido à proximidade de uma pedreira.

Fonte oficial da Infraestruturas de Portugal (IP) revelou à Lusa, na quarta-feira, que o corte do trânsito na estrada está relacionado com a proximidade da pedreira “Monte d’el Rei”, que tem cerca de “134 metros de profundidade” e que se encontra a cerca de 30 metros da via.

A partir de sexta-feira, a alternativa de circulação para veículos ligeiros, quer no sentido Bencatel-Vila Viçosa, quer no sentido inverso, deve ser a EN255.

Já a EN381, entre a EN4 e a vila de Redondo, é indicada pela IP como percurso alternativo dos pesados, durante as próximas duas semanas, enquanto não for feita uma intervenção na EN255.

Continue Reading
Advertisement

Siga-nos no Facebook

Arquivo

+ popular

%d bloggers like this: