Connect with us

Portugal

Produtores de vinho à beira da falência

O aumento continuado dos preços das matérias primas, dos materiais de engarrafamento, dos transportes e dos custos em geral, está a levar inúmeros pequenos e médios produtores de vinho à beira da falência, segundo o comunicado emitido pela Associação Nacional dos Comerciantes e Exportadores de Vinhos e Bebidas Espirituosas, ANCEVE.

De acordo com a associação o cenário é preocupante, consequência do aumento do preço dos combustíveis, do gasóleo agrícola, que subiu de €0,83 para quase €1,80 o litro e dos impostos aplicados no setor.

“Os adubos e outros materiais agrícolas essenciais subiram para mais do dobro. A eletricidade subiu exponencialmente. As caixas de cartão subiram 125%, de €400,00 para mais de €900,00 o milheiro. As garrafas subiram já quatro vezes este ano, de €0,18 em 2021 para €0,27 em 2022, 50% de aumento para uma garrafa tipo. Os rótulos subiram também 50%.  As rolhas 20%. As cápsulas 30%. Todos os fornecedores debitam agora aos produtores o transporte dos materiais, que antes estava incluído nos preços. E passaram a exigir aos pequenos e médios produtores o pagamento contra entrega, não concedendo prazos, como antes acontecia”, pode ler-se na nota.

A ANCEVE avança ainda que, em contrapartida, “continuam a verificar-se enormes problemas no abastecimento dos materiais de engarrafamento, sobretudo do vidro e do cartão”.

“O custo dos transportes disparou : como exemplo, o custo de envio de uma palete de vinho de Lisboa para o Algarve era de €35,00 e agora está nos €65,00. Acresce que são debitadas ao produtor taxas-extra de combustível, que antes não existiam”.

Outro fator igualmente preocupante, segundo os comerciantes, é a escassa mão de obra, numa altura em que se inicia mais uma vindima. A ANCEVE considera que a legislação não está adaptada à realidade e não tem qualquer flexibilidade : “Se um trabalhador com salário mínimo aceitar por hipótese trabalhar aos sábados, para tentar aumentar a sua remuneração, acaba por receber menos dinheiro no final do mês, pois a subida automática de escalão prejudica-o de forma drástica”.

No que diz respeito aos produtores, “estes conseguiram apenas subir os seus preços de venda em cerca de 10%, pelo que a esmagadora maioria irá apresentar enormes prejuízos no final do ano, se lá conseguirem chegar”.

A associação faz um apelo ao Governo, de forma a que este pondere a implementação de um plano extraordinário de apoio à fileira do vinho, “um sector que leva longe o nome de Portugal mas está a ficar estrangulado pelo aumento brutal dos custos”.

Continue Reading

Portugal

Recluso agarra enfermeira e agride guarda em hospital

Esta terça-feira, um recluso tentou agredir uma enfermeira e acabou mesmo por agredir um guarda prisional no hospital prisional de Caxias.

Segundo o avançado por fonte do Sindicato Nacional Corpo Guarda Prisional ao Notícias ao Minuto, a enfermeira foi agarrada violentamente pelo recluso, o guarda foi agredido ao tentar travar o ataque.
Após ter sido “esmurrado” na face foi assistido no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa.

Continue Reading

Portugal

Idosa recusa-se a levantar dinheiro da reforma e é agredida pelo neto

Na passada quarta-feira, um homem de 43 anos, foi deito pelo Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) por ter agredido a avó, de 92 anos, em Marvila.

A idosa foi agredida “em várias partes do corpo”, por se ter recusado a levantar o dinheiro da reforma, que recebia no dia 10 de cada mês”.

“O suspeito, partilha residência com a vítima e, sabendo que a idosa recebe a reforma no dia 10 de cada mês, coagiu a mesma a ir ao Multibanco para levantar o dinheiro”, segundo o avançado no comunicado da PSP.

De momento o detido está desempregado e adotou “um estilo de vida intimamente relacionado com o álcool e drogas”. 

Os militares da PSP “procederam a diligências que levaram à detenção do agressor através de Mandado de Detenção Fora de Flagrante Delito por Autoridade de Polícia Criminal”.

A vítima foi retirada da sua residência e encontra-se num lugar seguro. O agressor foi presente a 1.º interrogatório judicial e está proibido de entrar em contacto com a vítima, sendo também forçado a abandonar a residência que partilhava com a avó.

Continue Reading

Portugal

Alandroal : Três detidos em flagrante por furto de metais não preciosos

O Comando Territorial de Évora, através do Posto Territorial de Alandroal, no dia 13 de agosto, deteve três homens de 26, 31 e 49 anos por furto de metais não preciosos, no concelho de Alandroal.

Numa ação de patrulhamento e vigilância na obra da ferrovia, os militares da Guarda detetaram uma viatura a efetuar a carga materiais de construção, tendo os suspeitos sido abordados e detidos em flagrante.

No decorrer desta ação policial, foi possível apreender o seguinte material:

·  Cerca de 1 600 quilos de ferro moldado;

·  Um veículo;

·   Diversos objetos utilizados na prática do furto.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Redondo.

Continue Reading

Portugal

Buscas por desaparecido em Montargil abrangem 30 mil metros quadrados

As buscas por desaparecido na barragem de Montargil, no concelho de Ponte de Sor, cobrem uma área de 30 mil metros quadrados, segundo avançado à lusa por fonte dos bombeiros.

Simão Velez, Comandante da corporação de Bombeiros Voluntários de Ponte de Sor, em declarações à agência Lusa, explicou que , desde o início da operação de buscas, no sábado à tarde, e segunda-feira ao final do dia, os mergulhadores já tinham abrangido a área subaquática de 25 mil metros quadrados.

A operação de buscas foi retomada hoje, a partir das 07h00 por terra, integrando, mais tarde, os mergulhadores de diversas corporações de bombeiros do distrito.

De momento, no local encontram-se 28 operacionais, apoiados por duas embarcações e uma mota de água, segundo fonte dos bombeiros.

O alerta para o desaparecimento foi dados às 15:06. A filha do homem que se encontra desaparecido, uma menina de 5 anos, ainda foi resgatada com vida por populares, contudo acabou por morrer durante o percurso para o hospital.

De acordo com fonte da GNR e relatos de pessoas que se encontravam no local, pai e filha estariam a utilizar um barco de borracha na albufeira.

“O senhor estava na água, a nadar, e a menina estaria no barco. As testemunhas não se aperceberam do que é que aconteceu a seguir”, relatou a fonte.

Portugal registou, até ao fim do mês passado, 88 mortes em meio aquático, um recorde dos últimos cinco anos, segundo o avançado pela Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores (FEPONS).

Continue Reading

Ultimas do Alentejo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

Os Mais Vistos

ÚLTIMAS 48 HORAS