Alentejo

Prisão preventiva para detidos em Beja por crime de pornografia de menores

O tribunal decretou hoje a prisão preventiva de dois homens, de 25 e 50 anos, detidos pela Polícia Judiciária no Alentejo por alegada posse e divulgação informática de ficheiros com pornografia de menores, foi hoje revelado.

Os suspeitos, detidos na terça-feira, no distrito de Beja, foram hoje presentes às autoridades judiciárias, que lhes aplicaram a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, enquanto aguardam o desenrolar dos processos, disse à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado divulgado hoje, a PJ anunciou as detenções, no âmbito da Operação Primavera, de combate à pornografia de menores, desenvolvida pela Diretoria do Sul, na terça-feira.

“A operação consistiu na realização de buscas domiciliárias”, as quais, além dos dois homens detidos, por “suspeitas de pornografia de menores”, culminaram na apreensão de diverso material informático, como “computadores, discos externos e telemóveis”.

De acordo com o comunicado policial, “foram apreendidas centenas de ficheiros (imagens e vídeos) contendo menores – de tenra idade – em atos sexuais explícitos com adultos, tendo sido identificado um sistema operativo que possibilita a navegação anónima na Internet”.

“Foi igualmente detetada a existência de múltiplas contas de acesso a diferentes serviços na Internet”, acrescentou a PJ.

A polícia de investigação criminal destacou ainda que recolheu “elementos que indiciam fortemente que, pelo menos, um dos detidos criava perfis nas redes sociais com a indicação de que era menor de idade, com o propósito de estabelecer conversas de teor sexual e partilha de ficheiros com menores”.

Segundo a PJ, “as investigações prosseguem tendo em vista apurar outros intervenientes, residentes em território nacional ou em outros países, relacionados com partilhas de ficheiros pornográficos envolvendo menores”.

Lusa

ÚLTIMAS 24 HORAS

Exit mobile version