Desporto

Portugal tem seis atletas já apurados para os Europeus de Pista Coberta

Portugal tem neste momento seis atletas em condições de participar nos Campeonatos da Europa de Pista Coberta, marcados para Torun, Polónia, de 05 a 07 de março, mas até 21 de fevereiro esse número poderá aumentar até mais de 20.

Pelos critérios de seleção, hoje divulgados pela Federação Portuguesa de Atletismo, há 22 atletas que atingiram as marcas de qualificação – mínimos – obtidas no período exigido (entre 01 de maio de 2019 e 21 de fevereiro de 2021), mas só seis já cumpriram as marcas de referência, cujo prazo se iniciou em dezembro passado.

O período excecionalmente longo para os mínimos deve-se ao facto da temporada de 2020 ter sido muito ‘castigada’ pela pandemia de covid-19, dando-se assim uma oportunidade mais alargada aos atletas. Os mínimos terão, no entanto, de ser confirmados no período de referência, com marcas um pouco menos exigentes.

Auriol Dongmo, uma das melhores lançadoras de peso a nível mundial, é o nome mais forte no grupo de seis qualificados que já conseguiram marcas de confirmação. Os outros cinco são Rosalina Santos (60 metros), Frederico Curvelo (60 metros), Carlos Nascimento (60 metros), Isaac Nader (800 metros) e Francisco Belo (peso). Nader também tem mínimos nos 1.500 metros.

Com mínimos, e boas perspetivas de os confirmar, estão mais nove atletas masculinos: Yazaldes Nascimento e Diogo Antunes (60 metros), Raidel Acea (400 metros), Paulo Rosário (1.500 metros), João Vítor Oliveira (60 metros barreiras), Paulo Conceição (altura), Ivo Tavares (comprimento) e Pedro Pichardo e Nelson Évora (triplo).

O quadro atual fica completado com mais sete atletas no setor feminino: Lorene Bazolo (60 metros), Cátia Azevedo e Vera Barbosa (400 metros), Marta Pen (1.500 metros), Mariana Machado (1.500 e 3.000 metros), Patrícia Mamona e Evelise Veiga (triplo).

Lusa

+ popular

Exit mobile version