Connect with us

Economia

OE2020: Execução orçamental para o conjunto do ano é divulgada hoje

A Direção-Geral do Orçamento (DGO) divulga hoje a síntese de execução em contas públicas do conjunto do ano de 2020, depois de as administrações públicas terem registado um défice de 8.691 milhões de euros até novembro.

O valor do défice apurado para os primeiros 11 meses do ano reflete um agravamento de 9.267 ME face ao período homólogo, sendo este justificado “pelos impactos da pandemia de covid-19”, adiantou Ministério das Finanças em comunicado há um mês.

Até novembro, a receita diminuiu 6,3% e a despesa aumentou 5,3%, face ao mesmo período de 2019, sendo esta evolução explicada “pelos impactos adversos na economia que se refletem na redução acentuada da receita fiscal e contributiva” e pelo “acréscimo na despesa associado às medidas extraordinárias direcionadas ao apoio às famílias e às empresas”.

Do lado da receita, o Ministério das Finanças assinala a quebra homóloga de 1.574 milhões de euros, justificada principalmente pelo impacto da suspensão dos pagamentos por conta (-791 milhões de euros) e da perda de receita contributiva pela isenção de pagamento de Taxa Social única (TSU) ao abrigo do ‘lay-off’ simplificado, apoio à retoma progressiva e incentivo financeiro à normalização da atividade empresarial, estimada em cerca 518 milhões de euros.

A estes valores, o Ministério tutelado por João Leão acresce o efeito do diferimento da receita do IVA liquidado em novembro e que será pago através de planos prestacionais e as medidas de isenção ou redução da taxa contributiva, com um impacto negativo na receita de 265 milhões de euros.

Relativamente à despesa, o crescimento homólogo de 2.663 milhões de euros até novembro está sobretudo associado às medidas de ‘lay-off’ (880 milhões de euros) ou à aquisição de equipamentos na saúde (491 milhões de euros), aos apoios à redução da atividade económica e retoma progressiva (385 milhões de euros) e incentivo extraordinário à normalização (248 milhões de euros).

Já a receita fiscal recuou 7,4% até novembro “com a generalidade dos impostos a evidenciar quebras que refletem a contração da atividade económica, destacando-se a redução de 9,4% no IVA”, pode ler-se no mesmo comunicado.

Os dados de hoje deverão refletir o agravamento da pandemia no último mês do ano nomeadamente no que diz respeito à despesa mensal do Estado com medidas de apoio às empresas e particulares cuja atividade é afetada devido à covid-19.

Em 2019, as administrações públicas fecharam o ano com um défice de 599 milhões de euros em contas públicas, uma melhoria de 1.643 milhões de euros face a ano anterior, tendo por referência os dados divulgados pela DGO, apurados em contabilidade pública, ou seja, na ótica de caixa (entrada e saída de verbas).

Já o saldo em contas nacionais (na ótica de compromisso), ou seja, o que conta para Bruxelas, é apurado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), tendo-se registado um excedente de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, correspondente a 403,9 milhões de euros.

Lusa

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

Advertisement

Últimas

Saúde2 horas ago

Surto na Casa do Artista com 11 infetados dos quais um está internado

O número de infetados no surto de covid-19 na Casa do Artista, em Lisboa, é de 11 pessoas, uma das...

Saúde2 horas ago

Vacinação seria “passo decisivo” para o regresso às escolas

Os diretores escolares defenderam hoje que a vacinação contra a covid-19 de trabalhadores docentes e não docentes seria um “passo...

Saúde3 horas ago

Açores com 10 novos casos em São Miguel e seis recuperações

Os Açores detetaram nas últimas 24 horas 10 novos casos positivos de covid-19, todos na ilha Miguel, a maior e...

Sociedade3 horas ago

Vários polícias apedrejados na noite de terça-feira em bairro de Oeiras

Vários polícias foram apedrejados na noite de terça-feira no bairro dos Navegadores, na freguesia de Porto Salvo, em Oeiras, no...

Saúde5 horas ago

Portugal com 41 mortes e 979 casos de infeção nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje 41 mortes relacionadas com a covid-19 e 979 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo...

Portugal5 horas ago

Recolocação de postes no Alto Tâmega não carece de EIA

O presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Nuno Lacasta, afirmou hoje no parlamento que a recolocação de alguns postes de...

Economia8 horas ago

O risco de pobreza afeta17,2% dos portugueses, mas disparava sem apoios sociais

Mais de 12% da população portuguesa estava em 2019 numa situação de pobreza persistente e 17,2% em risco de pobreza,...

Sociedade9 horas ago

Lisboa, Setúbal e Leiria sob aviso amarelo na quinta-feira devido à chuva

Os distritos de Lisboa, Setúbal e Leiria vão estar sob aviso amarelo na quinta-feira devido à previsão de aguaceiros por...

Saúde10 horas ago

Ministra da Saúde admite professores e não docentes como prioritários para vacinação

A ministra da Saúde admitiu hoje que os professores e o pessoal não docente possam ser incluídos como prioritários para...

Sociedade11 horas ago

Participações de crimes de violência doméstica baixam 6% para 27.609 em 2020

O número de ocorrências por crimes de violência doméstica participadas à Guarda Nacional Republicana (GNR) e à Polícia de Segurança...

Desporto12 horas ago

Europeus atletismo: Inevitável esperar medalhas, com Pichardo e Dongmo

Três dos atletas portugueses que vão competir de quinta-feira a domingo nos Europeus de atletismo estão no ‘top-3’ do ano...

Sociedade12 horas ago

Comerciantes satisfeitos com Câmara de Lisboa mas querem mais ajuda do Governo

 Associações representativas do comércio, restauração e hotelaria manifestaram-se hoje satisfeitas com os apoios da Câmara Municipal de Lisboa aos empresários...

+ popular

%d bloggers like this: