Connect with us

Educação

Governo diz que remoção de amianto nas escolas está a decorrer “com sucesso”

O Governo assegurou hoje, no parlamento, que o programa nacional para a remoção de amianto nas escolas está a decorrer “com sucesso”, com intervenções previstas para 90% dos 897 mil metros quadrados identificados, mantendo a disponibilidade para mais candidaturas.

“Se houver ainda mais municípios que queiram participar, nós estamos disponíveis a abrir alguma porta ou alguma janela para a mesma participação, embora sejam muito poucos aqueles que não quiseram aderir”, avançou o secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, numa audição regimental na comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República.

Apoiando a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, o secretário de Estado Carlos Miguel respondeu às questões dos deputados sobre o programa nacional para a remoção de amianto, revelando que, no universo de 535 escolas identificadas, houve candidaturas de 490 estabelecimentos de ensino, o que representa 91%.

“Dos 162 municípios que tinham e têm escolas com amianto, 149 apresentaram candidaturas, também mais de 90%”, apontou o titular da pasta do Desenvolvimento Regional, adiantando que, “dos 897 mil metros quadrados de amianto existente nestas escolas, 803, praticamente 804, irão ser removidos, o que também representa 90%”.

Carlos Miguel referiu que houve 13 municípios que não se candidataram, questionando se se deve focar nos 90% que se candidataram ou nos 10% que não se candidataram, concluindo que se calhar é preciso focar nos dois, porque mesmo os que não se candidataram não deixam de ser “parceiros para a solução de um problema no território”.

“Estamos cá para arranjar soluções que sejam equitativas e que façam um tratamento igual perante opções diferentes, aquilo que se calhar alguns queriam que se fizesse é que fosse o Governo a impor um tipo de estrutura e um tipo de solução, mas isso é um desrespeito à autonomia do poder local”, afirmou o secretário de Estado, respondendo à intervenção do deputado do PSD Jorge Paulo Oliveira sobre as críticas dos autarcas de Vila Nova de Gaia e Loures sobre o valor de referência por metro quadrado para a remoção do amianto, que consideram que ronda os 100 e os 120 euros.

Reforçando que o poder local tem autonomia para encontrar a melhor solução, Carlos Miguel declarou que “o Governo é autónomo para encontrar o equilíbrio”, explicando que o valor definido de 65 euros por metro quadrado, acrescido a 10% para despesas suplementares que tenham a ver com a substituição do amianto, é uma verba que “responde à esmagadora maioria das intervenções”, num processo que está a decorrer “com sucesso”.

“Para os outros, para aqueles que ainda não foram ou que não quiseram ir, ainda estamos a tempo de ir, mas mesmo que não queiram ir haverá mais vida para além este programa específico, nomeadamente haverá vida com mais programas operacionais que apoiem a recuperação de escolas”, ressalvou o governante.

Segundo dados do Ministério da Coesão Territorial enviados à Lusa, o prazo de candidatura ao programa nacional para a remoção de amianto de edifícios escolares terminou em 20 de dezembro, tendo sido recebidas pelas Autoridades de Gestão dos Programas Operacionais Regionais Norte 2020, Centro 2020, Lisboa 2020, Alentejo 2020 e CRESC Algarve 2020 candidaturas provenientes de 149 municípios, pretendendo intervenções em 486 escolas de todo o país.

As candidaturas apresentadas solicitam uma verba de cerca de 78,7 milhões de euros e “o financiamento das intervenções aprovadas e que estejam previstas nos avisos de concurso será assegurado a 100% por fundos europeus dos Programas Operacionais Regionais”, precisou o Ministério.

Este programa para erradicar o amianto nas escolas arrancou em julho de 2020, aproveitando o encerramento dos estabelecimentos de ensino devido à pandemia de covid-19.

Lusa

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

Advertisement

Últimas

Portugal9 segundos ago

5G: Tecnologia pode ser aplicada a tudo: da saúde à arte e até ao Espaço

Um “estímulo à investigação”, o 5G permite criar aplicações para tudo, da saúde ao automóvel, passando pela indústria, até pela...

Portugal31 minutos ago

Covid-19: Governo aprova 19,8 milhões para testes rápidos nas escolas e no setor social

O Conselho de Ministros aprovou hoje uma resolução que permite às escolas e ao setor solidário efetuar despesa na realização...

Portugal2 horas ago

Jovem encontrado morto em casa na Figueira da Foz

Um jovem foi encontrado morto em casa esta madrugada em Vila Verde, no concelho da Figueira da Foz, no distrito...

Portugal4 horas ago

Pedro Nuno Santos diz que PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta

O dirigente socialista Pedro Nuno Santos defendeu hoje que o PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta,...

Portugal4 horas ago

Portugal pode aproveitar tensão Pequim/Camberra para exportar mais vinho para China

O presidente da Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos (ACIML) disse hoje à Lusa que Portugal pode aproveitar a...

Portugal5 horas ago

Sonae passa a deter 80% da Sonae Sierra após compra de ações da Grosvenor por 82 ME

A Sonae vai reforçar a sua posição na Sonae Sierra para 80%, após a compra das ações da Grosvenor por...

Groundforce Groundforce
Portugal5 horas ago

Estado tem “dever de salvaguardar” direitos dos trabalhadores da Groundforce

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Groundforce defendeu hoje que o Estado tem o “dever de salvaguardar” os direitos dos...

Portugal6 horas ago

Igualdade e queixas da pandemia reuniram centenas de pessoas em protesto no Porto

Várias centenas de pessoas responderam hoje ao apelo do Movimento Democrático das Mulheres (MDM) manifestando-se, no Porto, a favor da...

Portugal7 horas ago

JP elege Francisco Camacho como novo líder que promete mobilização para as autárquicas

O Congresso Nacional da Juventude Popular (JP), realizado online, elegeu hoje o candidato único Francisco Camacho como novo presidente, que...

Portugal7 horas ago

Marcelo com mais de 60% de mulheres na sua equipa no segundo mandato

O Presidente da República vai ter mais de 60% de mulheres nas suas casas Civil e Militar no segundo mandato,...

Portugal7 horas ago

MAI impõe números mínimos de mulheres nas forças de segurança pela igualdade de género

 Ministério da Administração Interna vai incluir nas regras de recrutamento em 2021 indicadores mínimos de 15% de mulheres na incorporação...

Portugal13 horas ago

Covid-19: Visitas aos utentes dos lares em Moura vão ser retomadas segunda-feira

As visitas aos utentes dos lares de idosos do concelho de Moura (Beja) vão ser retomadas a partir de segunda-feira,...

+ popular

%d bloggers like this: