Siga-nos nas redes sociais

Economia

Governo assina hoje protocolo com setor social para investimento de 465 ME

O Governo vai hoje assinar um protocolo com o setor social no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) com um investimento de 465 milhões de euros para as respostas sociais à infância, pessoas com deficiência e envelhecimento.

O protocolo entre o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e os parceiros do setor social e solidário é hoje celebrado numa cerimónia na Quinta Alegre, em Lisboa, onde também estará presente o primeiro-ministro, António Costa.

Com um investimento de 465 milhões de euros, o objetivo até 2026 é adaptar, requalificar e inovar as respostas sociais em três principais áreas, explicou em declarações à agência Lusa a ministra Ana Mendes Godinho.

“Nesta parceria com o setor social, assumimos a concretização articulada e uma parceria de colaboração para uma implementação eficiente do PRR, concretamente nas dimensões das respostas sociais à infância, às pessoas com deficiência e ao envelhecimento”, indicou a responsável pela pasta do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Através da atenção nestas áreas, a intenção é implementar medidas tendo em vista a promoção da natalidade, do envelhecimento saudável e da autonomia das pessoas com deficiência ou incapacidades.

“Temos previsto, por um lado, a requalificação e o alargamento da rede de equipamentos e de respostas sociais, concretamente de respostas para a infância”, exemplificou a ministra, referindo também a requalificação da rede de cuidados continuados e paliativos e a aposta em resposta inovadoras para o envelhecimento.

A este nível, Ana Mendes Godinho fala numa “nova geração de apoio domiciliário 4.0”: “Um apoio domiciliário integrado, com várias valências e também aqui com investimento na área digital, colocando o campo digital ao serviço deste tipo de resposta, nomeadamente para garantir acompanhamento à distância das pessoas, permitindo que estejam sempre ligadas”.

Por outro lado, o novo protocolo prevê ainda a promoção de uma intervenção integrada em comunidades desfavorecidas, no âmbito do combate à pobreza.

O trabalho para alguns dos objetivos serão agora formalmente assumidos passará também pelo novo programa Radar Social que, de acordo com a ministra, consiste na constituição de equipas de profissionais presentes em todos os concelhos do país “para a identificação e sinalização de pessoas em situação mais vulnerável e de acompanhamento e integração na rede social”.  

“Existem várias dimensões de investimento e é neste sentido, aliás, que esta parceria com o setor social é determinante para conseguirmos implementar com uma dimensão de exigência tão grande que temos pela frente”, sublinhou, acrescentando que estas medidas também garantem “que o nosso país é um país para todos”.

O protocolo entre o Governo e o setor social e solidário será implementado até 2026, pelo mesmo período do PRR, entregue à Comissão Europeia em abril.

Ao longo desse período, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social espera contar com o apoio dos parceiros sociais na implementação e monitorização das medidas, e na promoção “de uma participação ativa dos agentes do território para aplicar da melhor forma possível e da forma mais eficiente e transparente possível estes instrumentos”, conclui. 

Lusa

Portugal

Entre os 10 milhões de portugueses 159 mil são milionários

Em 10 milhões de portugueses 159 mil são milionários, em comparação com 2020 o número caiu em cerca de 10 mil, registando-se um decréscimo de 6% num ano, por outro lado o número de milionários cresceu 9% a nível mundial, segundo o avançado pelo Global Wealth Report 2022 do Credit Suisse divulgado esta terça-feira.

Segundo o apurado pelo ECO , a riqueza média de um português, no início da década, correspondia a 52,4 mil dólares.

Continuar a ler

Portugal

Universidade Sénior já arrancou no Concelho de Viana

O Polo de Viana do Alentejo da Universidade Popular Túlio Espanca/Universidade de Évora (UPTE/UÉ) iniciou no passado dia 16 de setembro, o novo ano letivo com cerca de 80 inscritos.
A cerimónia teve lugar no Cineteatro Vianense e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, Luis Miguel Duarte, da vice-presidente da Câmara, Paula Neves, do diretor da UPTE/UÉ, Bravo Nico e dos muitos alunos/as e professores que integram este projeto.
Após dois anos de pandemia que restringiu as atividades, o autarca mostrou-se agradado com a adesão dos alunos, realçando a importância do projeto para manter ativa esta camada da população, melhorando a sua qualidade de vida. Luis Miguel Duarte, fez um agradecimento especial ao diretor da UPTE/UÉ, Bravo Nico, “pelo acompanhamento que tem prestado ao Polo de Viana do Alentejo”. O reconhecimento estendeu- se aos professores voluntários que, de forma altruísta, participam neste projeto, realçando a “importância do convívio e partilha de conhecimentos”.
O diretor da UPTE/UÉ, Bravo Nico, destacou a importância da Universidade Sénior, um dos maiores projetos educativos e de envelhecimento ativo do país, que une milhares de alunos dos Polos de Viana do Alentejo, Alandroal, Évora/Canaviais, Évora/Centro Histórico, Portel, Escola Comunitária de São Miguel de Machede, Reguengos de Monsaraz, Barrancos e União de Freguesias do Bacelo e Sr.ª da Saúde. De salientar que o Polo de Viana do Alentejo é um dos polos mais antigos da Universidade Popular, contando com 12 anos de existência em conjunto com o Clube de Saúde Sénior que assinala também os mesmos anos.
Na sessão de abertura do novo ano letivo, para além da aula aberta subordinada ao tema “Aprendizagem e saúde: uma relação saudável”, houve ainda a atuação da Tuna do Polo de Viana do Alentejo da Universidade Popular Túlio Espanca.
Para o presente ano letivo estão disponíveis no Polo de Viana do Alentejo diversos cursos, nomeadamente Inglês, Informática, Alfabetização de Adultos, Teatro, Bordados e Costura, Saúde e Socorrismo, Ambiente e Cidadania, Tuna, Clube de Saúde +, Cineclube, Conversas sobre Saúde Mental, Atelier de Cerâmica e Hidroginástica. Previstas estão, também, ações de informação e sensibilização e visitas de estudo temáticas.
As aulas, lecionadas por professores voluntários, decorrem de segunda a sexta-feira, nas três freguesias do concelho.
As inscrições para o Polo de Viana do Alentejo efetuam-se no Balcão Municipal, em Viana do Alentejo, e nas Bibliotecas em Aguiar e em Alcáçovas.

Continuar a ler

Portugal

Conheça as principais medidas do plano do Governo para combater inflação

António Costa

Esta segunda-feira, o Governo apresentou o plano “Famílias primeiro” com o objetivo de ajudar as famílias a conviver com a inflação e o aumento constante dos preços.

Conheça as medidas :

– As famílias com rendimento mensal bruto até 2700 euros irão receber um apoio de 125 euros por pessoa (a pagar em outubro uma vez);

– Por cada criança ou jovem dependente até aos 50 euros irá ser concedida a quantia de 50 euros (pagamento feito em outubro) ;

– Todos pensionistas terão direito a 50% de pensão extraordinária (pagamento feito em outubro);

– O IVA sobre a eletricidade desce de 13% para os 6% , (a partir de outubro a dezembro de 2022);

– A conta de gás vai diminuir em 10% para consumidor com a mudança para o mercado regulado;

– A redução do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos (ISP) mantém-se até ao final de 2022;

– Limitação em 2% do aumento das rendas, com compensação no IRS/IRC dos senhorios;

– O preço dos transportes irá manter-se até 2023;

Continuar a ler

Portugal

FACECO abre portas para três dias de cultura, negócio e animação em São Teotónio

O grande certame do concelho de Odemira – FACECO – Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, acontece nos dias 22, 23 e 24 de julho, em S. Teotónio, promovida pelo Município de Odemira. A Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira, vai marcar presença na inauguração da FACECO – Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, no dia 22 de julho, pelas 15h00.

Serão três dias de cultura, negócio, muita animação e reencontro após dois anos de interregno. A 30ª edição da FACECO vai ser marcada pela realização do Concurso Ibérico da Raça Limousine, alterações na organização dos espaços, maior oferta a nível de animação, o espaço Odemira Creative Market e a dinamização do 1º Concurso de Medronho. Na música, os destaques vão para as atuações de Tiago Bettencourt (sexta-feira, dia 22), Bateu Matou (no sábado, dia 23) e Viviane (no domingo, dia 24).

Como é tradição deste certame, o artesanato local volta a contar com a presença de dezenas de artesãos a trabalhar ao vivo, numa ampla zona de exposição. Também o setor pecuário estará em grande destaque, com a realização do 33.º Concurso Nacional e do 4.º Concurso Ibérico, promovidos pela Associação Portuguesa de Criadores de Raça Bovina Limousine. Destaque também para o 17.º Concurso Regional Raça Holstein Frísia e para o 25.º Concurso Regional da Cabra Charnequeira. A FACECO volta a ser o espaço para a entrega dos Prémios Espírito Empreendedor, no âmbito do Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego – Odemira Empreende.

Serão dinamizados vários espaços de debate, dedicados à Rota Vicentina (sexta-feira, dia 22, 15h10), ao tema “Cultura no Centro do Desenvolvimento Territorial” (sábado, dia 23, 11h15), aos “Novos Desafios na Floresta” (no domingo, dia 24, 11h15) e ao Projeto CRIAR – Centro em Rede de Inovação do Artesanato Regional” (no domingo, dia 24, 15h30).

A completar o programa haverá provas gastronómicas, desporto, atividades para crianças e animação no recinto, com espetáculos musicais em três palcos espalhados pelo recinto.

Continuar a ler

Ultimas do Alentejo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

ÚLTIMAS 48 HORAS