Siga-nos nas redes sociais

Portugal

Evocação do aniversário de José Régio, no dia 17 de setembro, com música, poesia e conferência, na Casa-Museu José Régio

O dia do aniversário do poeta José Régio, nascido a 17 de setembro de 1901, irá ser evocado em Portalegre com um programa que englobará música, poesia e uma conferência sobre o autor, na Casa-Museu José Régio.

No dia 17 de setembro, pelas 17h00, os alunos da Escola Básica José Régio irão proporcionar ao público presente um momento especial, com a atividade “Vamos ouvir Poesia…”, seguindo-se a conferência sobre a obra do autor “O Imaginário Tradicional na Poesia e na Narrativa de José Régio”por Maria da Natividade Pires, investigadora Doutorada em Literatura Portuguesa pela Universidade de Coimbra.

A evocação do dia do nascimento de José Régio terminará com um recital de música, pelo Ensemble José Régio, com interpretações de Filomena Silva, na voz, Alice Marques e Ana Mónica Santos, no coro, Fernando Gordo, na guitarra baixo, Rui Ramos e Tamara Torres, no violino, Cláudia Romão, no violoncelo e José Raimundo, no piano e direção musical.

Este concerto, que marca a estreia absoluta do Ensemble José Régio, reunirá obras que vão do barroco ao fado, desde uma ária da ópera “La Bohème”, de Giaccomo Puccini, passando pelo famoso “Fado Português”, único poema de José Régio interpretado por Amália Rodrigues, com música do celebrado compositor Alan Oulman, até à Bossa Nova de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

Portugal

Governo propõe salário mínimo de 760 euros no próximo ano

O salário mínimo nacional irá aumentar dos 705 euros para 760 euros no próximo ano, de acordo com a proposta do Governo para um acordo de rendimentos e competitividade.

Ao contrário do que estava anteriormente previsto para o próximo ano, o salário mínimo nacional terá um aumento de 55 euros, uma diferença adicional de forma a atenuar os efeitos da inflação.

Recorde-se  que o objetivo de alcançar os 900 euros até final da legislatura mantém-se.

Continuar a ler

Portugal

Agricultor teve alta e está de volta à greve : “Não desisto, não posso”

O agricultor Luís Dias, que está em greve de fome às portas de S. Bento, já teve alta hospitalar e voltou à greve, garantindo que não vai desistir.

“Bem sei que se preocupam, mas não desisto, não posso”, escreveu o agricultor na rede social Twitter, onde divulgou uma petição onde reivindica uma solução mediada para o diferendo que opõe o agricultor ao Governo.

Recorde-se que Luís Dias foi hospitalizado ontem, depois de ter estado internado na semana passada, no hospital de São José, em Lisboa. O agricultor já está de regresso ao jardim junto à residência do Primeiro Ministro, de forma a retomar o protesto.

Continuar a ler

Portugal

Gisela João atua em Grândola

Com uma voz e um timbre singulares, Gisela João, figura central e uma das mais importantes intérpretes da musica portuguesa é o destaque deste ano do programa das Comemorações do Dia do Concelho. O espetáculo tem lugar dia 21 de outubro, às 22h00 no Cine Granadeiro Auditório Municipal. A entrada é gratuita mediante reserva de lugar através do 269 448 030.

Gisela João, para além de ser um nome sonante da nova geração do fado, é também letrista e compositora. O espetáculo irá centrar-se no álbum editado no ano passado «Aurora», o seu registo mais intimista e pessoal, que capta a sua identidade e aquilo que ama. Contudo, para além de outros sucessos da sua carreira, aguardam-se surpresas, já que é conhecido  o seu amor pelas pistas de dança e pela música eletrónica.

Presença constante em palcos nacionais e internacionais, com atuações eletrizantes, Gisela João já foi distinguida com inúmeros prémios, entre os quais o Globo de Ouro para Melhor Interprete Nacional, pelas revistas Blitz e Time Out e pelo jornal Expresso.

Continuar a ler

Portugal

Detido suspeito de matar mulher à frente dos filhos

A Policia Judiciária procedeu à identificação e detenção de um homem com 34 anos de idade, estrangeiro, por fortes indícios da prática de dois crimes de homicídio qualificado, um consumado e outro tentado.

Os factos foram cometidos na madrugada do dia 5 de outubro, na zona de Mem Martins, no interior da residência das vítimas, mãe e filha, também estrangeiras, com 34 e 14 anos respetivamente.

Segundo o avançado pela PJ em comunicado, ” o agressor é marido de uma das vítimas e padrasto da outra, mas estavam separados há alguns meses. A relação entre o casal era problemática e já tinha motivado queixas por violência doméstica contra ele”.

As vítimas encontravam-se em casa quando foram surpreendidas pelo agressor que, munido de uma faca, desferiu contra a mulher vários golpes em regiões fatais, provocando-lhe assim a morte. A filha de 14 anos foi violentamente agredida na região da cabeça, encontrando-se em perigo de vida no hospital. Dois filhos comuns, de 3 e 8 anos, assistiram às agressões.

O homem colocou-se de imediato em fuga, abandonando as vítimas no interior da habitação.

Depois de localizado e no âmbito das diligências de recolha de prova a que foi sujeito na região do Alentejo, onde estava a trabalhar, quando era transportado em viatura da Polícia Judiciária projetou-se para o exterior, ação que lhe provocou diversos ferimentos que motivaram o seu internamento hospitalar.

O suspeito aguarda ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de medidas de coação.

Continuar a ler

Ultimas do Alentejo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

ÚLTIMAS 48 HORAS