Connect with us

Portugal

Comunidade piscatória da Afurada em Gaia no centro de projeto ecológico

A colocação de painéis solares nos aprestos de pesca ou a distribuição de grelhadores ecológicos pelos restaurantes são inovações que poderão vir a ser realidade na comunidade piscatória da Afurada, concelho de Vila Nova de Gaia.

Hoje, em reunião de Câmara, o executivo liderado por Eduardo Vítor Rodrigues aprovou por unanimidade o projeto que tem como nome “Living Lab da Afurada” e que une esta autarquia a várias entidades, entre as quais a CEDES – Associação para um Centro de Estudos em Desenvolvimento sustentável e o CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento.

“São entidades que juntas procuram soluções para combater as alterações climáticas. Na Afurada o projeto envolve a comunidade piscatória. As iniciativas podem ir da área da eficiência energética, com produção de energia solar para os aprestos, à discussão de modelos de substituição de poluição”, referiu Eduardo Vítor Rodrigues.

O autarca falava aos jornalistas à margem da reunião camarária, na qual revelou que a candidatura a fundos comunitários caberá ao CEiiA, enquanto a autarquia de Gaia terá como encargo cerca de 50 mil euros distribuídos em três anos para pagar os recursos humanos.

A sessão de hoje também ficou marcada pela aprovação da transferência de competências em matéria de Ação Social, processo já anunciado por Gaia a 09 de abril, altura em que foi apresentado o protocolo de transferência de competências do Estado na presença da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

O ponto discutido hoje foi aprovado com a abstenção do PSD, uma vez que os vereadores Duarte Besteiro e José Cancela Moura lamentaram não conhecer, ainda, o que implica esta transferência ao nível financeiro.

Já o regulamento do programa Arrendamento Casa para Todos, relativo a projetos já falados pelo executivo socialista de Gaia que inclui a construção de casas novas ou procura no mercado de espaços devolutos para reabilitação e posterior disponibilização a famílias de classe média e média baixa, mereceu aprovação unânime.

Igual votação mereceu a proposta relativa ao novo Centro Náutico de Remo e Canoagem que está previsto nascer num terreno junto à Travessa do Areinho, em Oliveira do Douro, para acolher os clubes Gaia Kayak, Clube de Remo e Centro Desportivo Universitário do Porto (CDUP).

“O objetivo é substituir as instalações – contentores na ponte da Arrábida – do CDUP que não tem sede em Gaia, mas desenvolve toda a sua atividade em Gaia e a expectativa é que isto seja a sede dos três clubes. Consideramos interessante porque vem reforçar a tradição de desportos náuticos do concelho e é um equipamento que será beneficiado pela nova ponte”, descreveu Eduardo Vítor Rodrigues.

Outro dos pontos discutido e aprovado na sessão, prende-se com o futuro Centro de Saúde dos Carvalhos, uma obra que sendo candidatável a financiamento do ‘overbooking’ dos fundos comunitários poderá garantir um financiamento de 1,4 milhões de euros, cabendo à autarquia a parcela de comparticipação nacional que ronda os 250 mil euros.

O terreno onde o equipamento vai nascer é municipal, enquanto a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) cederá o projeto.

Mostrando-se confiante de ver obra feita em 2022, o presidente da Câmara de Gaia referiu que se o projeto for aprovado em maio, lançará “de imediato” o concurso com um prazo de execução a rondar os 10 meses.

Lusa

Continue Reading

Portugal

Desde o início do ano foram detidas 68 pessoas por crime de incêndio florestal

Desde o início do ano a GNR deteve 68 pessoas por crime de incêndio florestal, registando-se um dobro das detenções registadas em relação ao mesmo período do ano passado.

“Durante o último fim de semana, a Guarda Nacional Republicana (GNR) registou mais dois detidos pelo crime de incêndio florestal”, avançou a GNR em comunicado.

Segundo o comunicado, a GNR efetuou 35.415 patrulhas e deteve 68 pessoas por crime de incêndio florestal, o dobro relativamente ao mesmo período de 2021.

Continue Reading

Portugal

Recluso agarra enfermeira e agride guarda em hospital

Esta terça-feira, um recluso tentou agredir uma enfermeira e acabou mesmo por agredir um guarda prisional no hospital prisional de Caxias.

Segundo o avançado por fonte do Sindicato Nacional Corpo Guarda Prisional ao Notícias ao Minuto, a enfermeira foi agarrada violentamente pelo recluso, o guarda foi agredido ao tentar travar o ataque.
Após ter sido “esmurrado” na face foi assistido no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa.

Continue Reading

Portugal

Idosa recusa-se a levantar dinheiro da reforma e é agredida pelo neto

Na passada quarta-feira, um homem de 43 anos, foi deito pelo Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) por ter agredido a avó, de 92 anos, em Marvila.

A idosa foi agredida “em várias partes do corpo”, por se ter recusado a levantar o dinheiro da reforma, que recebia no dia 10 de cada mês”.

“O suspeito, partilha residência com a vítima e, sabendo que a idosa recebe a reforma no dia 10 de cada mês, coagiu a mesma a ir ao Multibanco para levantar o dinheiro”, segundo o avançado no comunicado da PSP.

De momento o detido está desempregado e adotou “um estilo de vida intimamente relacionado com o álcool e drogas”. 

Os militares da PSP “procederam a diligências que levaram à detenção do agressor através de Mandado de Detenção Fora de Flagrante Delito por Autoridade de Polícia Criminal”.

A vítima foi retirada da sua residência e encontra-se num lugar seguro. O agressor foi presente a 1.º interrogatório judicial e está proibido de entrar em contacto com a vítima, sendo também forçado a abandonar a residência que partilhava com a avó.

Continue Reading

Portugal

Alandroal : Três detidos em flagrante por furto de metais não preciosos

O Comando Territorial de Évora, através do Posto Territorial de Alandroal, no dia 13 de agosto, deteve três homens de 26, 31 e 49 anos por furto de metais não preciosos, no concelho de Alandroal.

Numa ação de patrulhamento e vigilância na obra da ferrovia, os militares da Guarda detetaram uma viatura a efetuar a carga materiais de construção, tendo os suspeitos sido abordados e detidos em flagrante.

No decorrer desta ação policial, foi possível apreender o seguinte material:

·  Cerca de 1 600 quilos de ferro moldado;

·  Um veículo;

·   Diversos objetos utilizados na prática do furto.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Redondo.

Continue Reading

Ultimas do Alentejo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

Os Mais Vistos

ÚLTIMAS 48 HORAS