Connect with us

Portugal

Câmara de Évora quer apoiar melhoria de instalações desportivas com 2 ME

 A Câmara de Évora quer apoiar os clubes e associações desportivas do concelho na melhoria das suas instalações, a partir de 2022, com um investimento global de dois milhões de euros, revelou hoje o presidente do município.

“Conhecemos um conjunto de clubes que tem problemas e dificuldades e queremos ajudá-los”, afirmou o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá (CDU), em declarações à agência Lusa.

A criação do denominado Programa Municipal de Apoio à Melhoria de Instalações Desportivas, no âmbito das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2022, já foi aprovada na câmara municipal.

Pinto de Sá admitiu que a área do desporto é “um dos grandes défices” do concelho de Évora, considerando que “as instalações desportivas, na sua generalidade, não estão sequer legais, estão degradadas e precisam ser requalificadas”.

“Isso mesmo foi avaliado e entendeu-se que deveríamos apontar para um programa plurianual, para o mandato, que permita apoiar a regularização, requalificação, ampliação e até construção de instalações desportivas”, referiu.

Com este programa municipal, salientou o autarca, será possível, durante o atual mandato, “melhorar de uma forma substancial” o parque desportivo do concelho, nomeadamente o que pertence aos “clubes e associações de todo tipo de desporto”.

“O programa vai ter um regulamento próprio e em relação ao qual os diversos clubes vão poder candidatar-se e apresentar as suas propostas para virem a ter apoio, nos termos que forem definidos”, sublinhou.

Segundo o presidente do município, este mecanismo de apoio agora aprovado vai disponibilizar aos clubes e associações “uma verba média de cerca de 500 mil euros por ano”, o que corresponde a “dois milhões de euros para o mandato”.

“O programa prevê mesmo o apoio à elaboração de projeto, quando haja necessidade disso”, realçou, adiantando que está prevista uma taxa de “comparticipação na ordem dos 85% por parte das câmara” para os projetos apoiados.

Questionado pela Lusa sobre a data prevista para o arranque do programa, Pinto de Sá vincou que, “primeiro”, terão de ser aprovadas as Opções do Plano e o Orçamento para 2022 e só, depois, o regulamento desta iniciativa em concreto.

Ainda “hão de ser definidas as prioridades, de acordo com os requisitos que forem definidos”, notou, prevendo que o programa possa começar a receber candidaturas dos clubes e associações durante o ano de 2022.

O executivo da Câmara de Évora é composto por dois eleitos da CDU, dois do PS, dois da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM e um da coligação Nós, Cidadãos!/RIR.

Lusa

Continue Reading

ÚLTIMAS 24 HORAS