Portugal

BTV transmite tempos de antena e entrevistas a todos os candidatos

O canal de televisão do Benfica (BTV) vai transmitir tempos de antena e entrevistas a todos os candidatos que se apresentem às eleições para a presidência, marcadas para 09 de outubro, anunciou hoje o clube da Luz.

Em comunicado, os ‘encarnados’ anunciaram ainda que será promovido um debate na BTV “com a presença de todos os candidatos” e haverá um espaço reservado a cada candidatura no jornal O Benfica, nas edições de 01 e 08 de outubro.

“Os detalhes relativos às questões operacionais” no sentido de “promover junto dos sócios o debate de ideias e de projetos para o futuro do Benfica” serão agilizados “assim que se encontrem formalizadas as listas candidatas às eleições”, informou também o clube.

A abertura dos canais de comunicação do clube a todas as candidaturas acontece “na defesa do espírito democrático que marca a história” do Benfica e “no enaltecer dos valores da salutar discussão e do debate de ideias que engrandecem o percurso” do clube, afirmam os ‘encarnados’.

O Benfica escolheu no início deste mês o dia 09 de outubro como a data das eleições para os órgãos sociais do clube, um ano depois de Luís Filipe Vieira ter sido reconduzido no cargo.

O anterior líder dos ‘encarnados’ renunciou à presidência em 15 de julho último, após ter sido eleito pela primeira vez para o cargo em 2003 e ter-se tornado no presidente com mais tempo na liderança do Benfica.

Vieira foi um dos quatro detidos no processo Cartão Vermelho, que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado, SAD do clube e Novo Banco.

O antigo futebolista Rui Costa, antigo administrador da SAD e vice-presidente na direção de Vieira, assumiu a liderança do clube e da SAD.

Até ao momento, as eleições para os órgãos sociais do Benfica só têm um candidato, que é Francisco Benítez. João Noronha Lopes afastou-se de uma eventual candidatura na semana passada. O atual presidente, Rui Costa, ainda não tomou qualquer posiçã

Lusa

ÚLTIMAS 24 HORAS

Exit mobile version