Connect with us

Portugal

Autárquicas: Rui Nabeiro prova que quem está numa região de fronteira pode crescer para o mundo – Costa

 O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o empresário Rui Nabeiro, dono do grupo Delta, é a “melhor prova” de que “não há nada que impeça” quem está numa região de fronteira de “crescer para o mundo”.

Falando em Portalegre, num comício de apoio ao candidato socialista à Câmara Municipal local, Luís Moreira Testa, o secretário-geral do PS abordou o percurso de Rui Nabeiro, que o ouvia na plateia e que detém o grupo Delta Cafés, para incentivar os autarcas a inspirarem-se no empresário.

“Rui Nabeiro é a melhor prova de que não há nenhuma fatalidade, não há nada que impeça quem está numa região de fronteira de crescer a partir desta região de fronteira para todo o país, para toda a Europa, para todo mundo, como ele cresceu e como ele levou Campo Maior um pouco para todo o mundo”, salientou.

No distrito que engloba Campo Maior, a vila de nascimento de Rui Nabeiro, António Costa contou a história de uma “antiga carrinha”, que se encontra hoje exibida no Museu do Café, e que foi utilizada pelo empresário quando “começou a andar de porta em porta a vender o seu café”.

“Diríamos, ‘mas onde é que isso já lá vai’. Não vai há lá tanto tempo como isso, e a verdade é que foi mesmo essa força do sonho, essa força de fazer, que fez com que hoje Campo Maior seja o que é, que o grupo Delta seja o que é, e que o nosso comendador [Rui Nabeiro foi condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique em 2006] seja o exemplo que tem de ser para todos nós”, salientou.

Dirigindo-se aos autarcas e candidatos que se encontravam na plateia, o secretário-geral do PS revelou uma história pessoal com o dono do grupo Delta que “diz bem” porque é que “a força e energia é fundamental para o papel do autarca e a proximidade do autarca”.

Segundo António Costa, há uns anos, Rui Nabeiro ter-lhe-á indicado que ia passar o dia a Lisboa, tendo o secretário-geral do PS indicado que, hoje em dia, era mais fácil fazer o percurso devido à autoestrada.

“E ele disse ‘não, eu não vou de autoestrada, eu saio de aqui sempre mais cedo, mas vou pela estrada e vou parando em cada cafezinho que é meu cliente para continuar a ouvir, a falar com eles, e a saber o que é que eles têm a dizer do produto que eu lhes vendo’. E disse-me ‘porque é deles que eu vivo, é deles que eu dependo”, frisou.

O secretário-geral do PS referiu assim que a “vida do autarca” também deve ser assim: “viver para os cidadãos”.

“Aquilo que nos faz viver, que nos dá todos os dias alegria para viver, que nos permite à noite ultrapassar a frustração daquilo que não conseguimos resolver naquele dia, é mesmo o cidadão, é mesmo a confiança do cidadão, é mesmo o amor que temos à nossa terra, e o saber que é mesmo ali que vamos continuar a lutar para fazer mesmo aquilo que é necessário”, frisou António Costa.

Intervindo pouco antes, Rui Nabeiro afirmou ser um “jovem de 90 anos” que é do PS porque o seu pai também o era, e destacou sentir uma grande “alegria” e gratidão por ter acompanhado a comitiva de António Costa, apesar de “não ser contra ninguém”.

“Eu vivo sempre para as pessoas, vivo sempre para a minha terra, vivo sempre para qualquer região do nosso país”, referiu.

Rui Nabeiro apelou assim a que todos vão depositar o voto no domingo, dia de eleições autárquicas: “Se escolhermos bem, temos mais. [Se] escolhermos diferente, poderemos ter menos. Digo, poderemos ter menos, e teremos com certeza”, referiu Nabeiro.

O município de Portalegre é liderado por Adelaide Teixeira, eleita pela Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP), estando também a autarca nesta corrida eleitoral em busca de um terceiro mandato.

Além do candidato do PS, Luís Moreira Testa, a corrida eleitoral em Portalegre conta com as candidaturas de Adelaide Teixeira (CLIP), Hugo Capote (CDU), António Ricardo (BE), Fermelinda Carvalho (PSD/CDS-PP) e Luís Lupi (Chega).

Continue Reading

ÚLTIMAS 24 HORAS