Portugal

António Costa apela aos portugueses para que evitem convívios na Páscoa

O primeiro-ministro apelou hoje novamente aos portugueses para que evitem os convívios durante o período da Páscoa, considerando que isso será “absolutamente fundamental” para evitar a propagação de casos de infeção de covid-19.

“Evitar os convívios com outras pessoas é absolutamente fundamental. O tradicional almoço de Páscoa deve ser mesmo evitado”, disse António Costa, na conferência de imprensa realizada após o conselho de ministros.

O primeiro-ministro recordou que até ao final do dia 05 de abril se mantém em vigor a proibição de circulação entre concelhos.

O chefe de Governo salientou que estes momentos de convívio em que as pessoas se juntam à volta da mesa, e naturalmente sem máscara, “são focos de transmissão da doença”.

“Renovo o apelo para que todos façamos o esforço de evitar que esta Páscoa possa ser uma Páscoa infeliz”, disse.

Lusa

+ popular

Exit mobile version