Connect with us

Cultura

Serpa comemora o 5º aniversário da elevação do Cante a Património Imaterial da Humanidade

De 22 a 27 de novembro realiza-se o CanteFest, que comemora em 2019 os cinco anos da elevação a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. A celebração contará com muito Cante, acompanhado por petiscos e vinhos, a apresentação de livros e projetos, debates, exposição temática e entrega de medalhas.

A grande novidade do Cante Fest deste ano é o seu alargamento a várias localidades do concelho, nomeadamente as que têm no ativo grupos corais, com a realização de rotas do Cante. A-do-Pinto, Pias, Serpa, Vale de Vargo, Vales Mortos, Vila Nova de São Bento e Vila Verde de Ficalho são as localidades onde o Cante se fará ouvir no sábado, dia 23 de novembro.

Também o Centro Histórico de Serpa recebe a já famosa Rota do Cante, cuja primeira edição, em 2018, foi um sucesso. Este ano, a Rota que acontece no domingo, dia 24, conta com a participação de 14 grupos, locais e convidados. Inicia-se no edifício dos Paços do Concelho, passa por vários estabelecimentos comerciais e termina no Espaço Wasabi (Largo Conde de Ficalho).

No dia 22, em Lisboa, terá lugar a apresentação do “Cancioneiro de Serpa”, na Livraria Férin, acompanhada pelo Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento, grupo que também participa no “Festival Super Bock em Stock”, no mesmo dia, na Casa do Alentejo.

No dia 23 as comemorações voltam a Serpa, na Casa do Cante, com a abertura da exposição “Descante”. Com uma organização da Associação “Fora da Gaveta”, “Descante” é uma homenagem ao Cante Alentejano e pretende celebrar o 5.º aniversário da inscrição desta prática na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. Tem um conceito multifacetado onde estão representadas várias áreas e conta com a participação de diversos artistas nacionais e internacionais. O principal conceito foi desafiar os artistas a desconstruir o Cante Alentejano, através de uma visão diferente do habitual e é constituído por documentário, cartoon, gravura, escrita, ilustração, pintura, cerâmica, serigrafia, fotografia, escultura, vídeo, som, música e, claro, cante alentejano.

No dia 25, a Casa do Cante recebe a apresentação do Museu / Centro Interpretativo do Cante, bem como um colóquio sobre Cante, no âmbito da relação entre a tradição e o turismo, e no dia 26, será palco para a apresentação do relatório do Plano de Salvaguarda do Cante para a UNESCO, e um debate sobre o que mudou nos cinco anos de Património da Humanidade do Cante.

No último dia das celebrações, 27, o Cineteatro Municipal de Serpa acolhe, pelas 18.00 horas, a cerimónia oficial da comemoração do 5.º aniversário da Inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO. Seguir-se-á a entrega de medalhas aos grupos corais signatários da candidatura do Cante Alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. A noite encerra com um concerto pelos grupos corais do concelho e o pianista Ariel Rodriguez, com direção de Armando Torrão.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *