Connect with us

Alentejo Litoral

Santiago do Cacém recebe projeto inovador da “Mala Voadora”

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, acompanhado pelo Vereador com o Pelouro da Cultura, Jaime Cáceres, receberam, dia 16 de setembro, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, para assistirem à apresentação do projeto que a estrutura artística “Mala Voadora” vai desenvolver na Barragem de Campilhas, orçado em cerca de quatro milhões de euros.

Os promotores do projeto criaram a empresa DAM Business que fará a gestão do espaço que combina alojamento turístico com um centro de residências artísticas no concelho de Santiago do Cacém. O complexo distribui-se por sete edifícios, que incluem salas polivalentes, um grande auditório e estúdio de gravação de som, com uma capacidade de alojamento para 53 hóspedes, entre turistas, artistas e criadores.

Álvaro Beijinha, considera um projeto “diferenciador, porque embora seja de caráter turístico as suas características marcam a diferença relativamente ao resto. Irá colocar Santiago do Cacém no mapa artístico, porque, como foi referido durante a presentação da iniciativa, exemplos de complexos com esta natureza a nível nacional não existem. Tendo em conta os contactos que a Mala Voadora tem, inclusive a nível internacional, decerto que este espaço vai ser muito procurado pelas companhias de teatro entre outras estruturas ligadas às artes.” O Autarca avança que o promotor tem o objetivo de iniciar a construção do complexo em 2021.

Para a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, esta é “uma ideia muito original que a Mala Voadora está a desenvolver nesta herdade ao incorporar o turismo rural com a residência artística, com a programação e a criação, com o objetivo de atrai artistas nacionais e internacionais. É um projeto com um potencial muito interessante não só para a região, mas, também, para o país porque estão a criar algo novo.”