Connect with us

Gastronomia

Medalha de ouro para o Espumante Cartuxa Reserva 2012

O espumante Cartuxa Reserva 2012, produzido pela Fundação Eugénio de Almeida, acaba de ser distinguido com medalha de ouro no concurso Effervescents du Monde 2019.

Este ano, este concurso mundial de espumantes, atribuiu 23 medalhas de ouro e 165 medalhas de prata a espumantes de vários países do mundo. Participaram no concurso 564 espumantes de 22 países, que foram avaliados por um juri composto por 100 especialistas que se reuniram para as provas em Dijon, França.

Nesta edição de concurso Effervescents du Monde 2019 foram atríbuídas paenas três medalhas a espumantes portugueses. Duas de ouro: ao Espumante Cartuxa Reserva 2012 e ao espumante da Bairrada, Original Reserva Bruto Branco Baga 2017 da empresa Positive Wine.

O espumante Marquês de Marialva Bical & Arinto Reserva Brut 2015, da Adega de Cantanhede recebeu medalha de prata.

Desde a sua criação, a ambição do Effervescents du Monde®, uma competição de vinhos baseada na qualidade, tem sido, segundo a organização, a de promover e premiar os vinhos espumantes de todo o mundo.  Esta competição, que se realiza todos os anos em França, dedica-se exclusivamente a avaliar a qualidade do vinho espumante a nível mundial.

O lema fundador do concurso é Diversidade, Qualidade e Rigor.

O Espumante Cartuxa Reserva 2012 é um vinho base produzido a partir de uvas da casta Arinto rigorosamente selecionadas e colhidas no estado de maturação ideal para produção de um vinho base espumante. Fermentou a temperatura controlada, efetuada em barricas de carvalho francês. Estagiou sobre borra fina durante seis meses com batônnage periódica. A segunda fermentação ocorreu em garrafa pelo método clássico, seguida de estágio sobre borra e batônnages intercalares durante 5 anos, nas caves do Mosteiro da Cartuxa.