Connect with us

Cultura

INVESTIGAÇÃO ARQUEOLÓGICA NA VIDIGUEIRA CELEBRA 40.º ANIVERSÁRIO

A Câmara Municipal de Vidigueira, a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Universidade de Coimbra, pelo Centro de Estudos de Arqueologia, Artes e Ciências do Património, organizam, nos próximos dias 21 e 22 de setembro de 2019, um programa para comemorar a efeméride da passagem do 40.º aniversário do início dos trabalhos de investigação em S. Cucufate, com a realização de um seminário científico e um dia aberto em S. Cucufate com inauguração da Intervenção artística INTEMPORAL, de Alejandra González Soca, visitas guiadas e a Adiafa, a festa que, tradicionalmente, no Alentejo, celebra o final dos trabalhos. A participação é livre e gratuita em todas as iniciativas que integram o programa do evento.

Há quarenta anos, em agosto de 1979, sob a responsabilidade de investigadores das universidades de Coimbra e de Bordéus III, iniciavam-se as escavações na villa romana de S. Cucufate, na freguesia de Vila de Frades, concelho de Vidigueira.

A organização técnica e científica do projeto de trabalhos, a colaboração internacional, o envolvimento de estudantes e de gentes do concelho haveria de trazer para a arqueologia portuguesa um dos mais importantes sítios arqueológicos de Portugal e a mais bem conservada villa romana na Lusitânia.
Celebrar 40 anos das escavações de S. Cucufate é, antes de mais, celebrar a planície e os seus homens imortalizados no cante: os trabalhadores agrícolas que encontram seus ancestrais na villa romana de S. Cucufate. Mas é, também, celebrar a ciência que junta a ciência académica e a ciência da vida; associa a academia com o poder municipal; o trabalho conjunto e partilhado para alcançar um bem maior.
Quarenta anos depois, e mesmo se a planície mudou, apresentamo-nos para celebrar o bem maior: um bem arqueológico e patrimonial ímpar, que importa dar a conhecer melhor ao mundo.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *