Connect with us

Cultura

“Há uma terra a sul pousada na planície como um tapete bordado…”

Os Tapetes de Arraiolos bordados ao longo de séculos são uma das afirmações mais vincadas do génio do nosso povo. Chegaram até nós graças às mãos laboriosas de gerações de bordadeiras que Ihes imprimiram o melhor do seu gosto, da sua arte, com traços da vida da grande planície alentejana.
Nos finais do séc. XV, por mandato de D. Manuel I, expulsas da Mouraria (Lisboa) e a caminho do norte de África e do sul de Espanha, várias famílias mouriscas viriam a fixar-se nestas terras. Com a particularidade de serem artesãos exímios e face ao bom acolhimento da população local, estes indivíduos dedicaram-se à manufactura de tapeçarias, a que, disfarçados de cristãos novos, iriam chamar de tapetes de Arraiolos.
Os documentos mais antigos que se referem ao fabrico destes tapetes na vila de Arraiolos datam de finais do sec. XVI, supondo-se no entanto que a sua implantação date de tempos mais recuados.

Continue Reading
Advertisement
Canal Alentejo

GRÁTIS
BAIXAR