Connect with us

Sociedade

Conheça 8 curiosidades sobre o Carnaval Brasileiro

O Carnaval brasileiro é conhecido por todo o mundo, não só por ser uma das principais festividades do Brasil, mas por atrair um público que ultrapassa o brasileiro. Com todas as cores, energia, diversão e fantasias que a data traz não poderia ser diferente. 

Pensando nas pessoas que adoram o Carnaval e acompanham mesmo que de longe, e também nos que vem ao Brasil, confira algumas curiosidades de uma das festas mais alegres do mundo.  

1 – Origem grega 

A festa teve início na Grécia por volta de 600 a 520 a.C., e tinha como motivação realizar cultos em agradecimento pela fertilidade do solo e pela produção. Com o tempo a festa se espalhou por todo mundo e se manteve como tradição, assim como é no Brasil. 

2 – Qual o significado? 

“Carnaval” tem como base a expressão “carnis valles”, sendo que “carnis” significa carne em latim e “valles” prazeres, assim, a palavra remete a aproveteitar os prazeres que a carne pode proporcionar.  

3 – Recife domina a festa 

Em 1995, o Guinness Book declarou o tradicional “Galo da Madrugada”, de Recife, o maior bloco de carnaval do mundo, além de um dos mais animados da festividade. 

4 – Rio de Janeiro também 

O carnaval do Rio de Janeiro está no Guinness Book como o maior carnaval do mundo. Aliás, o Rio, embora tenha o Carnaval como um de seus principais chamarizes da cidade, mas foi somente em 1963, quando a agremiação do Salgueiro desfilou o enredo sobre Chica da Silva, e, assim, os quatro dias da folia entraram definitivamente no calendário turístico da cidade maravilhosa.  

5 – O Carnaval celebra a dualidade musical do País 

Além de unir o novo e o velho, com musicais que vão desde os hits mais fortes e atuais do país, como o funk ou o sertanejo, a festividade também celebra canções clássicas e já tradicionais do Carnaval. Tanto que o clássico “Ô Abre Alas!”, composto em 1890 por Chiquinha Gonzaga, pensando exclusivamente no Carnaval, até hoje marca presença em diversos bloquinhos de ruas e bailes que comemoram a data. 

6 – Envolvimento da Igreja Católica  

A Igreja Católica se opunha a estes festejos pagãos, mas, em 590 d.C, decidiu reconhecê-los. Exigiu, porém, que o dia seguinte (Quarta-Feira de Cinzas) fosse dedicado à expiação dos pecados e ao arrependimento. 

7 – Desfiles de rua 

Em 1855 aconteceu o que foi considerado o primeiro desfile de Carnaval. Uma comissão de intelectuais formou um bloco chamado “Congresso das Sumidades Carnavalescas”. Os participantes foram até o palácio de São Cristóvão pedir para que a família real assistisse ao desfile. Dom Pedro II aceitou o convite. A polícia do Rio de Janeiro autorizou o desfile de blocos pelas ruas em 1889. 

8 – Importância dos desfiles 

O desfile das escolas de samba de São Paulo adquiriu relevância ao passar a ser televisionado para todo o país, conquistando a todos e ampliando o amor e a torcida por cada escola de samba ao longo do processo.  

Beatriz Bergamin

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *