Connect with us

Saúde

Castelo de Vide: Já foi assinado o Protocolo para a construção da nova Extensão de Saúde de Póvoa e Meadas

Foi assinado a 27 de dezembro, o protocolo com vista a construir um novo espaço para a prestação de serviços de saúde em Póvoa e Meadas, entre a Câmara Municipal de Castelo de Vide e a ULSNA o protocolo com vista a construir um novo espaço para a prestação de serviços de saúde em Póvoa e Meadas. “Uma obra decisiva para o futuro do concelho, e em particular desta Freguesia”, sublinha António Pita.

A cerimónia decorreu no âmbito das comemorações dos 45 anos do Hospital José Maria Grande, onde foram formalizadas as parcerias da ULSNA com os seis municípios que foram abrangidos por este programa no sentido de qualificar e elevar as respostas de saúde pública, de modo descentralizado ao nível da nossa sub-região.

É importante recordar que a extensão do Centro de Saúde em Póvoa e Meadas se encontrava há 35 anos instalado num espaço privado, nomeadamente do Lar Nossa Senhora da Graça que entra neste ano de 2020 em obras de requalificação, o que forçou a procura de uma solução para a deslocação da extensão de saúde. “Apesar de não ser uma competência da Autarquia, desde a primeira hora em que assumimos responsabilidades no Executivo Municipal que insistimos junto da tutela da necessidade de resolver definitivamente a actual situação da extensão do Centro de Saúde. Finalmente encontrou-se a solução, uma excelente solução”, disse o Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide.

“Esta intervenção irá proporcionar uma intervenção estrutural de fundo recuperando o edifício em ruínas onde está instalada a ATM (multibanco), garantindo assim um novo espaço adequado, com todas as acessibilidades e com evidente centralidade, indo beneficiar deste modo a população da freguesia”, acrescentou.

A Autarquia, para além de ceder o imóvel, irá financiar em 50% da contrapartida nacional nas despesas da construção e na aquisição de equipamentos para o regular funcionamento. “Responsabilidades financeiras que o Município irá assumir em matérias que não são da sua competência mas que salvaguardam a única possibilidade de se encontrarem soluções para problemas que persistem há muitas décadas”, realçou António Pita.

“Com este Acordo a população de Póvoa e Meadas poderá sentir-se mais tranquila em relação à resolução definitiva da situação precária em que tem funcionado a Extensão do Centro de Saúde em Póvoa e Meadas, perspectivando-se num futuro próximo o melhoramento dos serviços de atendimento e, ainda a sublinhar, da importância da recuperação de mais um edifício municipal, no caso bem no coração de Póvoa e Meadas”, complementou o autarca.

António Pita deixou ainda “um sincero e profundo agradecimento ao dr. João Moura Reis e a toda a sua equipa do Conselho de Administração da ULSNA o modo empenhado, eficiente e cooperante sempre demonstrado na resolução deste problema maior do nosso Concelho”.