Connect with us

Cultura

Cante alentejano celebra hoje cinco anos como património mundial

O cante alentejano celebra hoje cinco anos como Património da Humanidade com atuações de grupos corais em Beja, Castro Verde e Serpa, onde também há uma cerimónia evocativa.

O canto coletivo sem instrumentos típico do Alentejo foi classificado, a 27 de novembro de 2014, como Património Cultural Imaterial da Humanidade, pela UNESCO, graças a uma candidatura apresentada pela Câmara de Serpa e pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

Na vila de Castro Verde, as comemorações, promovidas pelo município, arrancam hoje, às 11:00, na Praça da República, com a iniciativa “O Cante da Escola vai à Praça” para alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico do agrupamento de escolas do concelho interpretarem modas de cante alentejano.

Segue-se, a partir das 21:00, no Cineteatro Municipal de Castro Verde, um concerto que inclui atuações de três grupos corais do concelho para interpretaram um repertório composto por modas do cancioneiro tradicional alentejano.

No concerto vão atuar As Camponesas e Os Ganhões de Castro Verde e o novo grupo Cantares do Campo Branco, que “nasceu” recentemente e estreia-se hoje ao vivo na vila.

Na cidade de Beja, as comemorações, também promovidas pela câmara, começaram no passado dia 26 de outubro e terminam hoje com a rota “Cante ao Entardecer”, que irá decorrer a partir das 17:30 e incluir atuações de dez grupos corais do concelho em cinco igrejas da cidade, dois em cada uma.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *