Connect with us

Alentejo

Câmara Municipal de Redondo prossegue ciclo cultural com os Tomba Lobos

Os ponteiros do relógio marcavam as 21h30 quando se ouviram, na última sexta – feira, em Santa Susana, no Largo da Figueira Grande, os primeiros rufos dos Tomba Lobos, da Fénix (Associação de Músicos de Redondo).

A formação de percussão tradicional portuguesa desfilou pela rua principal de Santa Susana, de onde os munícipes saíram à rua para voltar a ver e ouvir, no pós-confinamento, a cultura que se faz no concelho.

Entre palmas e pedidos de “bis”, a atuação culminou no Largo da Associação Desportiva e Recreativa.

O regresso do agrupamento aos palcos, que esteve suspenso por força da pandemia, prosseguiu no sábado à tarde no Freixo, com a demonstração da sua arte junto ao Largo da Coviran, seguindo-se uma arruada até à Casa do Povo, presenteada com um radioso pôr do sol de verão.

À noite, foi a vez de Redondo voltar a dar as boas-vindas aos Tomba Lobos, que fizeram as delícias junto às artérias mais centrais da vila: Rua João Anastácio da Rosa, Praça D. Dinis, Largo 25 de Abril, Praça da República e Largo Duques de Bragança, junto ao Centro Cultural.

O roteiro do grupo, constituído por 12 elementos, marcou o seu regresso à esfera cultural do concelho, no âmbito de um conjunto de eventos que a Câmara Municipal de Redondo está a organizar com o objetivo de descentralizar a arte e valorizar o trabalho das formações artísticas do concelho.