Connect with us

Alentejo

Banco Alimentar de Portalegre “não fechou portas durante a pandemia”

O Banco Alimentar de Portalegre é uma das instituições que foram afetadas pela pandemia. O presidente, Isidro Santos, refere que os “bens que estavam a ser distribuídos eram os que tinham sido recolhidos em novembro”, e que “se não houvesse nenhuma solução, ficávamos com os armazéns vazios.”

Daí nasceu a Rede de Emergência Alimentar, que é uma resposta limitada no tempo, até estar ultrapassada a situação de emergência que o país vive. O presidente afirma que “temos o armazém quase cheio por força da Rede de Emergência Alimentar.

Mas por outro lado, diz que “não é a mesma coisa do que fazermos as campanhas junto aos supermercados”.

Canal Alentejo

GRÁTIS
BAIXAR