Connect with us

Política

Aumento do investimento com redução do endividamento das empresas é “Feito inédito” no país, diz Pedro Siza Vieira

O facto de a economia portuguesa ter crescido com o aumento do investimento ao mesmo tempo que houve uma redução do endividamento das empresas, é um cenário inédito na história do país, realçou o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

Na Assembleia da República, onde participou no debate na especialidade do OE2020, na comissão de Orçamento e Finanças, Pedro Siza Vieira começou por enaltecer o que considerou ser “um feito inédito” em Portugal e “particularmente difícil de atingir”, de se assistir simultaneamente ao crescimento do investimento e à redução do endividamento das empresas, um feito que, na perspetiva do ministro, tem de ser “devidamente assinalado”.

Uma realidade que só foi possível atingir, como referiu o ministro, porque o esforço de financiamento do investimento se fez sobretudo graças às “poupanças das empresas e das famílias portuguesas”, garantindo que o Governo vai continuar a trabalhar de “forma mais estrutural” sobre os “fatores de crescimento da produtividade”. Pedro Siza Vieira referiu que o foco incidirá essencialmente no “apoio ao investimento empresarial” com medidas de suporte ao “autofinanciamento e acesso ao financiamento para o investimento”, quer no apoio à inovação nas empresas, quer à sua internacionalização e “inserção nos mercados externos”.

Pedro Siza Vieira garantiu ainda que outro dos grandes e decisivos objetivos do Governo é o de “manter um esforço continuado de renovação das qualificações”, não só da população mais jovem, mas da população ativa, “com o foco na atração e retenção de talento”, o que para o governante passa inevitavelmente pela “valorização dos rendimentos do trabalho”.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *